O que Shania tem a dizer sobre suas músicas?
23.11.2016
• publicado por Diego Brambilla em especiais

Em 23 de novembro de 1999, estava sendo lançada a versão internacional do álbum “Come On Over”. O álbum se tornou o maior sucesso da carreira de Shania, se tornando também o álbum country com maior vendagem de todos os tempos. “Come On Over” já vendeu até hoje mais de 40 milhões de cópias.

Pensando nisso, resgatamos uma entrevista antiga de uma revista desconhecida. A publicação data do mesmo ano do lançamento do álbum e nela, Shania analisa cada canção do álbum. Para melhorar a leitura, listamos as canções conforme estão inseridas no álbum, obedecendo ao set original. Confiram:

You’re Still The One

Shania Twain conta o que tem a dizer sobre as canções do álbum "Come On Over"É uma das minhas cinco favoritas. É muito romântica, representa um amor bem sucedido, uma relação bem sucedida. Me lembra da minha, que era bem indesejada. Viemos de diferentes lugares do mundo, cenários diferentes, músicas diferentes. Enfim, de um lados completamente diferentes. Então essa é sobre nós e faz eu me sentir uma vencedora no amor. Como ganhei, também ganhei um casamento. Pela primeira vez, foi um sucesso, eu me sinto bem e essa música retrata isso.

NOTA: Na época, Shania ainda era casada com o seu produtor Robert John “Mutt” Lange. O casamento durou 14 anos, com processo de divórcio sendo concluído em 2010.

When

Shania Twain conta o que tem a dizer sobre as canções do álbum "Come On Over"“Eu amo o solo dessa música. Eu queria que o nome do álbum fosse “When” no começo. Eu quis chamar esse álbum de um milhão de coisas! Eu amo “When” demais, quando começa o solo, eu vou pra outro mundo! Foi escrita em duas horas. Estávamos no carro, dirigindo, eu estava com meu bloco de anotações. Essas letras apareceram e foi isso. E Mutt ficou dizendo, “Ah sim, ótimo, bom, ótimo.” Ele estava dirigindo, eu escrevendo, foi assim! Eu amo até onde ela vai, amo os contrastes. É meio que uma volta. É um pouco diferente. Essa é uma onde o conceito e a abordagem do modo como escrevi é muito criativa. Eu só me permiti ser criativa nela. Talvez tenha algum raciocínio para poder ter sentido, não tenho certeza, mas não me importo. Eu quero coisas que façam pensar. Eu quero que as pessoas usem a imaginação.”

From This Moment On

Shania Twain conta o que tem a dizer sobre as canções do álbum “Quando comecei a escrevê-la, eu escrevi para outro cantor. Eu estava pensando assim. Foi quando o “The Woman In Me” já estava no final e eu pensei, “eu tenho bastante tempo até o novo álbum. Eu quero escrever músicas para outras pessoas gravarem.” Essa era uma delas. Eu achei que ficaria ótima para Celine Dion. [Como um dueto] Começamos focando em quais partes seria bom para o alcance de um homem, e começamos a trabalhar nesse ponto. Bryan White foi a primeira escolha, a primeira pessoa que veio na cabeça, porque ele tem a melhor voz masculina da música country. Além da música country! Ele é um excelente cantor. Então ele precisava estar nessa gravação porque a canção precisa disso. Ela precisa de dinâmica.”

Black Eyes, Blue Tears

“Os abusos físicos estão sendo bem discutidos agora, e a intenção da música foi dar um olhar positivo para o fato de que agora estamos sendo educados sobre isso, vamos continuar. Eu conheço mulheres que passam por relações abusivas. A geração passada não foi educada, não tinha tantas saídas ou não eram tão conscientes das saídas. Agora elas são. Infelizmente, acontece, muitas mulheres se deprimem e quando você se deprime, a solução é sombria. Mesmo que ela esteja bem na sua frente, é difícil. Então minha mensagem é que o tempo cura, você pode seguir em frente, pode ter uma vida maravilhosa.

Thelma e Louise são exemplos perfeitos. Eu estava pensando, você pode ser assim. Você pode ser essas mulheres, você pode estar naquele carro, dirigindo pela rodovia, saindo dali, mas você não deve dirigir até um penhasco. E é disso que a canção trata. É sobre dar um passo por vez, dizer sim, ter sua liberdade. A vida está esperando por você. Você não precisa se jogar de um penhasco. Essa não é a única saída.”

I Won’t Leave You Lonely

“Outra volta musicalmente, outro estilo, outro som, um certo dueto de alguma forma, entre Mutt e eu. Musicalmente e humoristicamente, foi uma necessidade, um humor introduzido pela primeira vez entre tudo o que já fiz. Adicionou uma dimensão que deixou o CD bem equilibrado. Eu amo essa música. Eu acho que muitas pessoas serão capazes de entender o romance. Eu adorei escrevê-la. Eu realmente entrei nas letras porque sou um exemplo puro disso.”

Come On Over

Shania Twain conta o que tem a dizer sobre as canções do álbum

“De todas as 16, eu tenho quatro ou cinco que são minhas favoritas, e essa é uma delas. Eu amo demais essa música. Eu poderia tocá-la de novo e de novo. É muito divertida e me faz bem. É motivadora, tem um estilo leve, e Mutt fez um trabalho incrível, como em todas as músicas. Ele definitivamente colocou mágica nessa canção.”

.

You’ve Got A Way

Shania Twain conta o que tem a dizer sobre as canções do álbum “Outra favorita. Eu comecei a escrevê-la enquanto Mutt trabalhava numa gravação de Michael Bolton há alguns anos atrás. Não nos víamos muito. Realmente precisamos nos separar e, embora ele estivesse trabalhando no estúdio e eu só conseguia fazer algumas refeições com ele, nós jantávamos juntos. Eu fui visitá-lo por alguns dias na casa de Bolton. Eu estava no andar de cima, esperando por ele e comecei a escrever a música. Sozinha, com meus pensamentos, eu fiquei bem perdida nessa música. Quando a ouço agora, eu viajo. Eu tenho que admitir que provavelmente é minha canção favorita do álbum. E amo onde ela se encaixou no álbum, no seu próprio espaço. É bem íntima, muito simples. E diz muito emocionalmente.”

Whatever You Do! Don’t!

“Os violinos de novo. Essa é uma assinatura do álbum, eu acho e estou feliz por isso porque irei aproveitá-la ao vivo, vai ser bem divertido tocá-la ao vivo com todos esses violinos. Letras muito interessantes. Eu criei algumas palavras nessa música também. Eu sei que elas não existem no dicionário. “Denialville” e claro, criei a expressão “I go Jell-O when you smile”. Elas pertencem à música. Eu fui meio imbecil nessa música mas foi divertido.

Man! I Feel Like A Woman!

Shania Twain conta o que tem a dizer sobre as canções do álbum “É divertido ser mulher. Um monte de coisas que eu faço tem uma perspectiva feminina, poderosa. Não é só o poder feminino, é poder gay. Eu acho que essa música realmente serve para ambos.”

.

.

That Don’t Impress Me Much

Shania Twain conta o que tem a dizer sobre as canções do álbum “Sabe, os rapazes sempre acham que são grande coisa, que os caras de carro sempre conseguem os encontros, sabe? Eu queria parecer “pouco impressionável” e poder dizer “Ah, você tem um carro? Que grande coisa!” Aqui está o cara que trata o carro como o Batmóvel ou algo do tipo. Grande coisa! É sobre o que você tem no coração, não coisas materiais.”

.

Honey, I’m Home

Shania Twain conta o que tem a dizer sobre as canções do álbum “É uma irmã de “Any Man Of Mine” porque tem o mesmo tema e a mesma atitude, musicalmente e liricamente, exceto que mais batida. E é divertida. É um bom jeito de colocar. A linha da minha calça apareceu, minha meia desfiou, meio cabelo ficou amassado, são coisas que acontecem frequentemente e que odiamos, coisas que estragam o dia. Sabe, você fica lá enrolando o cabelo e aí vem a umidade e amassa, estraga o dia. Eu queria dizer isso em uma canção porque é verdade, é real. E eu não escrevia sobre algo que não tenha relação.

If You Wanna Touch Her, Ask!

“Essa música tem muito significado. Eu sei como é andar pelo corredor da escola e algum cara resolver apertar seu bumbum só pra te intimidar, ou porque ele pode. Isso me irrita. Eu não gosto quando as pessoas pensam que podem fazer esse tipo de coisa. E isso é de ambos os lados, porque mulheres também fazem isso. Não quero ser dramática, mas a sutileza de invadir alguém assim é totalmente inesquecível.

Há algumas pessoas  quando você vai para um clube que você gosta, mas, pelo amor de Deus, se você for abordar alguém, se você quer que alguém saiba que você está interessado, deixe-me contar uma segredo: talvez ela queira que você a toque, mas pergunte! Você pode se surpreender. Talvez ela diga sim. Talvez ela queira dançar coladinho. Tem algumas linhas bem tênues que às vezes são muito indistinguíveis quando se cruzam que realmente te deixa desconfortável. Essa música é um conselho para os rapazes sobre como abordar uma mulher com um pouco mais de delicadeza e o resultado ainda ser o mesmo. E eu conheço um monte de mulheres que se sentem assim, posso garantir.”

Rock This Country!

Shania Twain conta o que tem a dizer sobre as canções do álbum "Come On Over"

“Quando eu digo “rock”, não é meu tipo de música, mas é um termo. Quando você está arrasando alguma coisa, você arrasa, é como alguém que faz um discurso ótimo, a primeira coisa que você diz é “Ah, você arrasou!” Não é musical, necessariamente, nesse sentido. Queremos arrasar, queremos arrasar com a casa, queremos arrasar o país, queremos arrasar o show, e essa música música tem muito dessa vontade.”

Bônus:

Para quem não sabe, antes do álbum receber o nome de “Come On Over”, Shania imaginou vários outros nomes. Mas por que acabou com esse título?

“Bem, a ideia toda, quando comecei era “No Inhibitions” (Sem inibições), era assim que eu me sentia. Eu ainda acho que seria um bom título mas as reações das pessoas, inicialmente, era que o álbum era grande demais para uma palavra. Eu ouço muito abertamente às críticas construtivas, então, independente como sou, eu tenho ouvidos bem abertos, a mente muito aberta e gostei da resposta. Eu sempre estou procurando por um feedback. Nós tínhamos listado 30 títulos. Nós não sabíamos como chamar o álbum! A música “Come On Over” me deixa feliz quando a ouço. Me deixa num ótimo astral. Estava na lista claro, e todo mundo estava reagindo bem com isso, eles amaram. Era como uma saudação, sabe “Venha cá!” Foi uma boa conversa que tivemos antes, então ela representa bem o álbum. E pareceu certo. Eu senti que era o melhor, então seguimos assim. Digo, não é o título mais criativo do mundo, mas caiu melhor.”

Agora que você já sabe de tudo isso, que tal nos dizer o que acha de tudo isso? Pode deixar seus comentários logo aqui em baixo ou em nossa página no Facebook. A leitura da matéria original, você pode acompanhar nas scans da revista, clicando aqui.

“The Specials”: Conheça o áudio do show em Dallas
20.11.2016
• publicado por Diego Brambilla em Shows

Shania Twain durante show em Dallas, TX. O show foi gravado para um especial da CBS e inserido no DVD Hoje, há 15 anos, foi lançado o DVD “The Specials“, sendo o terceiro DVD da carreira de Shania Twain. Para a montagem do DVD, foram gravados dois especiais para a emissora de TV CBS. Os especiais foram gravados durante shows da turnê “Come On Over”, primeira da carreira de Shania. No Brasil, “The Specials” foi certificado como Ouro, segundo a ABPD, com mais de 50.000 cópias vendidas.

O primeiro concerto é chamado “Winter Break” e foi filmado em Miami, e incluiu cenas de Shania em sua cidade natal de Timmins, Ontário. Ele foi ao ar na CBS em março de 1999. Elton John, Backstreet Boys e Leahy são convidados especiais durante o show.

O segundo especial, intitulado “Come on Over”, foi ao ar em 25 de Novembro de 1999, e seguido de um jogo do Dallas Cowboys, em Dallas. A gravação foi feita especialmente para a TV, e programada para exibição durante o “Dia de Ação de Graças”.

Para esse especial, uma série de filmagens tiveram de ser feitas. No entanto, após a edição do DVD, algumas partes do show foram cortadas. Abaixo, você pode conferir a diferença entre a lista de faixas tocadas e a lista de faixas presente no DVD “The Specials”.

Lista de Faixas do DVD "The Specials" Lista de Faixas do show original
1. Honey I'm Home 1. You Win My Love
2. Rock This Country! 2. Rock This Country!
3. Don't Be Stupid (You Know I Love You) 3. Honey I'm Home
4. Come On Over 4. Don't Be Stupid (You Know I Love You)
5. You’re Still The One 5. Come On Over
6. Man! I Feel Like A Woman! 6. Rock This Country!
7. Any Man Of Mine 7. Come On Over
8. That Don’t Impress Me Much 8. You're Still The One
9. (If You’re Not In It For Love) I’m Outta Here! 9. Man! I Feel Like A Woman!
- 10. Any Man Of Mine
- 11. That Don't Impress Me Much
- 12. (If You’re Not In It For Love) I’m Outta Here!

Um dos fatores que pode explicar o porque da diferença entre a quantidade de músicas, pode ser o fato de “Come On Over” e “Rock This Country!” terem sido gravadas duas vezes. Segundo a própria Shania comenta durante o show, por vezes tiveram de ser feitas pausas e repetições para melhor ajuste das câmeras e da técnica.

Shania Twain durante show em Dallas, TX em 1999. O show foi gravado para um especial da CBS e inserido no DVD "The Specials"

Tivemos acesso ao áudio do show original, gravado diretamente da mesa de som, sabe o que significa? O áudio está em ótima qualidade. Nós colocamos a disposição de todos os fãs em nosso Soundcloud o áudio completo do show, que também está disponível abaixo:

Agora, aproveite e comente logo abaixo o que achou do show original?

Shania Twain é atração no Stagecoach Festival
14.11.2016
• publicado por Diego Brambilla em Notícias, Shows

Aqueles que pensaram que jamais veriam Shania Twain no palco novamente, podem estar bem enganados. A rainha do country anunciou nesta segunda-feira (14) que será uma das atrações principais do Stagecoach Festival, que deve ocorrer entre 28 e 30 de abril de 2017.

A cantora, que segue trabalhando em seu quinto álbum de estúdio, e que encerrou sua “turnê de despedida” no ano passado, afirmou que está bem animada com a participação no festival:

Estou muito animada para anunciar que estarei me apresentando no Stagecoach Festival“, publicou a cantora por meio de suas redes sociais.

Escalada para se apresentar no dia 29, Shania dividirá o palco com artistas como Dan + Shay, Jamey Johnson e  Willie Nelson. Para a noite de abertura do festival são esperadas performances de Dierks Bentley, Cole Swindel e Randy Houser. Já para o encerramento, deverão subir ao palco Kenny Chesney, Thomas Rhett e Tyler Farr, dentre outras atrações.

Shania Twain anuncia participação no Stagecoach Festival em 29 de abril de 2017!

Sobre o Stagecoach Festival

Shania Twain anuncia participação no Stagecoach Festival em 29 de abril de 2017!

O Stagecoach Festival é um evento de música country promovido pela Goldenvoice, Grupo Messina e Moore Entertainment. O evento, fundado por Paul Tollett, acontece anualmente no Empire Polo Club em Indio, Califórnia. É o maior festival de música country do mundo e reúne desde artistas desconhecidos até grandes nomes do gênero. O evento também conta com o apoio da Toyota.

Em 2017, o evento deve ocorrer entre 28 e 30 de abril e reunirá artistas como Kenny Chesney, Willie Nelson e Shania Twain. Segundo o site oficial, os ingressos começarão a ser vendidos no próximo dia 18 de novembro de 2016.

Para mais informações sobre o evento, clique aqui.

Shania Twain é destaque da revista Hello! Canada
05.11.2016
• publicado por Diego Brambilla em destaque, revistas

Shania está na capa da edição de 14/11 da “Hello! Canada”. Ela aparece no canto inferior da capa em uma foto do CMT Artists Of The Year 2016. Na publicação, aparece os seguintes dizeres com relação a esta edição: Shania Twain ganha o prêmio de uma vida. Confira abaixo as scans da revista e a tradução completa da matéria:


Shania Twain, a superestrela canadense festeja com amigos famosos enquanto recebe o prêmio de uma vida!

Eu tenho músicas novas em breve e estou muito ansiosa

Em uma animada noite de honrarias aos melhores de música country, o poder de estrela de Shania Twain ofuscou a todos. A cantora de “Man! I Feel Like A Woman!” apareceu em um macacão preto na gravação do especial do sétimo anual CMT Artists Of The Year em Nashville, onde foi nomeada “Artista de Toda Uma Vida”. Durante a cerimônia cheia de estrelas no Schermerhorn Symphony Center, Shania se juntou ao ranque de honrados como Kenny Rogers e Merle Haggard.

Antes de ela subir ao palco, Meghan Trainor, Jill Scott e Kelsea Ballerini prestaram homenagem a cantora canadense, cantando um pout-pourri de seus hits. Em aceitação ao seu prêmio, Shania, 51, disse aos seus fãs famosos que estavam na plateia. “Eu não quero descer do palco agora, porque eu estou amando esse momento!

A nativa de Timmins, disse que a música é sua “melhor amiga”. Ela relembrou o início de sua carreira como cantora 40 anos atrás, e adicionou: “Quase toda minha vida tem sido a de uma artista profissional…Eu sinto como se tivesse vivido três vidas!

Apesar de terminar sua última turnê “Rock This Country”, no outono, os dias de cantora de Shania estão longe de acabar. Ela até abriu sobre um lançamento na honraria da CMT. “Eu tenho músicas novas para lançar muito em breve,” ela disse. “Estou muito ansiosa por isso. Será uma nova fase musical.” Enquanto aguardamos essa nova fase, a Hello! celebra as conquistas que tornaram Shania uma superestrela.

Fonte: Revista Hello! Canada / Edição: 14 de Novembro de 2016

Forbes revela as cantoras mais bem pagas do ano
03.11.2016
• publicado por Diego Brambilla em Notícias, revistas

“Nunca conheci alguém do meu segmento que trabalhe tão duro quanto eu”, disse a cantora norte-americana Taylor Swift à Forbes, revista que acaba de classificá-la como a mulher mais bem paga da indústria da música em 2016. Na lista também aparecem cantoras como Rihanna, Beyonce e Shania Twain.

Dona de hits como “Wildest dreams” e “New romantics”, Taylor faturou 170 milhões de dólares no último ano, graças à multimilionária turnê de “1989” e também a contratos com marcas como Apple e Keds, diz o levantamento.

“A capacidade de atrair tanto o público jovem quanto o mais velho, e também os intermediários, faz com que Taylor seja uma aposta segura tanto para promotores de shows quanto marcas que querem se aproximar dela e da sua comunidade”, diz a executiva de entretenimento Lori Landew à Forbes.

No 2º lugar do ranking aparece Adele, cuja remuneração somou 80,5 milhões de dólares em 2016. Grande parte dos seus rendimentos advém da venda de álbuns — o que a torna exceção entre as demais cantoras, que incluem contratos publicitários e até linhas de perfumes entre suas fontes de renda.

Veja a seguir a lista com as 10 cantoras mais bem pagas da indústria da música no último ano:

1. Taylor Swift

taylor-swift

Os ganhos de Taylor somaram nada menos que 170 milhões de dólares em 2016. Além de turnês bem-sucedidas, como “1989”, ela obteve sólidos ganhos a partir de contratos com marcas como Apple e Coca-Cola.

2. Adele

adele

Ao contrário das outras cantoras desta lista, Adele ganha a maior parte do seu dinheiro com a venda de álbuns. No ano que passou, ela faturou 80,5 milhões de dólares. É o recorde de ganhos anuais de toda a sua carreira.

3. Madonna

madonna

Com patrimônio líquido estimado em 560 milhões de dólares, a cantora faturou alto com a turnê de “Rebel Heart”, além de ganhos com sua própria linha de roupas e perfumes. Em 2016, sua conta bancária recebeu 76,5 milhões de dólares.

4. Rihanna

rihanna

No último ano, a cantora bateu recordes de vendas e ganhou 75 milhões de dólares. Além de turnês, ela também fatura com contratos publicitários com marcas como Dior, Puma e Samsung.

5. Beyoncé

beyonce

Além do hit “Lemonade”, seu sexto álbum a figurar no topo das paradas, Beyoncé contou com os ganhos vultosos da turnê mundial “Formation”. No ano que passou, ela faturou 54 milhões de dólares.

6. Katy Perry

katy-perry

Em 2016, a cantora embolsou 41 milhões de dólares, sobretudo por causa da bem-sucedida turnê mundial “Prismatic”. Outras fontes de renda foram contratos milionários com marcas como H&M e CoverGirl.

7. Jennifer Lopez

jennifer-lopez

Além dos ganhos com shows de música em Las Vegas, Jennifer também conta com contratos publicitários com marcas como L’Oréal e Endless Jewelry, além da sua própria linha de perfumes. Em 2016, ela ganhou 39,5 milhões de dólares.

8. Britney Spears

britney-spears

Os rendimentos de Britney somaram 30,5 milhões de dólares em 2016. Entre os seus projetos mais lucrativos estiveram um contrato de 35 milhões de dólares com uma casa de shows em Las Vegas, além do lançamento de uma linha de perfumes e um jogo.

9. Shania Twain

shania-twain

No último ano, Shania Twain embolsou 27,5 milhões de dólares, o que lhe rendeu o posto de mulher mais bem paga da música country em 2016. Sua alta remuneração se deve, principalmente, a shows lucrativos em Las Vegas.

10. Celine Dion

celine-dion

Intérprete da bem-sucedida “My Heart Will Go On”, música-tema do blockbuster “Titanic”, a cantora quebequense faturou 27 milhões de dólares no último ano, graças ao seu estável contrato com o Coliseu no Caesars Palace em Las Vegas.

Fonte: Exame

billboard2016-03.jpg
billboard2016-02.jpg
billboard2016-01.jpg
pressconference-153.jpg
pressconference-152.jpg
pressconference-151.jpg
pressconference-150.jpg
pressconference-149.jpg
pressconference-148.jpg
pressconference-147.jpg
pressconference-146.jpg
pressconference-145.jpg
pressconference-144.jpg
pressconference-143.jpg
pressconference-142.jpg
pressconference-141.jpg
pressconference-140.jpg
pressconference-139.jpg
pressconference-138.jpg
pressconference-137.jpg
pressconference-136.jpg
pressconference-135.jpg
pressconference-134.jpg
pressconference-133.jpg
pressconference-132.jpg
pressconference-131.jpg
pressconference-130.jpg
pressconference-129.jpg
pressconference-128.jpg
pressconference-127.jpg
pressconference-126.jpg
pressconference-125.jpg
pressconference-124.jpg
pressconference-123.jpg
pressconference-122.jpg
pressconference-121.jpg
pressconference-120.jpg
pressconference-119.jpg
pressconference-118~0.jpg
pressconference-117~0.jpg