Shania Twain planeja trazer novas músicas para o Stagecoach Festival
19.04.2017
• publicado por Diego Brambilla em Notícias

A Rainha do Country Pop – agora com 51 anos – e artista feminina com maior vendagem da música country está mais que pronta para lançar alguns novos sons durante sua primeira participação no 11º Stagecoach Country Music Festival em Índio, no sábado 29 de abril.

Eu estou muito animada, porque eu ouvi bastante coisa sobre o Stagecoach ao longo dos anos e realmente não consigo acreditar que estou fazendo isso só agora pela primeira vez“, disse Twain. “Nunca é tarde para a primeira vez“.

Espremida entre os sets de Dierks Bentley e Kenny Chesney, Twain disse que está pronta para sua apresentação, a qual, sem duvida, incluirá alguns de seus maiores hits, como “Any Man Of Mine“, “Man! I Feel Like A Woman!“, “That Don’t Impress Me Much” e “You’re Still The One“.

Novas músicas

Ela também vai apresentar à multidão do Stagecoach algumas das novas canções de seu próximo álbum, ainda sem titulo, que tem lançamento programado para o início do outono. A gravação será a primeira desde “Up!” de 2002 e é marca a primeira vez desde que ela retornou à composição e gravação sem o ex-marido e conhecido produtor de rock Robert “Mutt” Lange.

Este foi um exercício de independência“, disse Twain sobre o processo de escrita. “Eu realmente quis me testar e empurrar meus limites e enfrentar meus medos. Eu não trabalhava sozinha há muito, muito tempo, depois de todos aqueles anos em parceria com Mutt profissionalmente. Foi um salto enorme de coragem para mim fazer isso sozinha e eu sabia que eu ia estar carregando o peso disso sozinha, também. Eu continuei me desafiando e dizendo a mim mesma ‘OK, você vai escrever este álbum e vamos descobrir o que esses dias fizeram’.

Muito do processo de escrita e gravação foi como terapia, acrescentou Twain, desde que ela e Lange, com quem ela se casou em 1993, finalizaram seu divórcio em 2010 depois que Twain descobriu que ele estava tendo um caso com sua melhor amiga. Em uma louca troca, contudo, em 2011, Twain se apaixonou novamente e se casou com Frédéric Thiébaud, o ex-marido de seu ex-melhor amiga.

Foi um momento tumultuado, doloroso e embaraçoso emocionalmente e, ao mesmo tempo, emocionante, fresco e novo, o qual Twain documenta através do conteúdo lírico de seu novo álbum. Não foi fácil, diz ela, enquanto admite que sentiu medo, insegurança e ela experimentou numerosos surtos de dúvida.

Foi difícil às vezes“, disse ela. “Cada música foi um pesadelo porque eu estava nervosa sobre compartilhar isso. Foi uma mistura de sentimentos para mim todo o caminho, mas estou orgulhosa de estar no palco agora, estando pronta para compartilhar isso com o mundo. Foi um alívio, na verdade. Foi realmente assustador, mas também muito terapêutico e eu aprendi muito sobre mim mesma e eu gostei muito no final, porque acabou sendo uma experiência incrível.

Canções como “Life’s About to Get Good” e “I’m Alright” são exemplos perfeitos dos altos e baixos que Twain experimentou durante o processo de composição.

Não era só sobre meu divórcio, mas apenas a tristeza e se sentir desapontada e como aquelas emoções evoluíram e quase se tornaram momentos de celebração“, explicou. “Os refrões de ambas as canções são muito comemorativos e muito felizes. Eles são otimistas. Eu amo o contraste nessas músicas e este álbum como um todo é honesto e toca em um monte de frases e formulações de coisas, mas ao mesmo tempo, ainda me leva a um lugar onde eu posso ver a luz no final do túnel e isso é realmente onde eu estou agora.

Embora ela sempre tenha incorporado elementos de rock e pop em sua marca de música country, Twain decidiu não definir quaisquer parâmetros sobre si mesma no estúdio desta vez. Ela está atualmente ouvindo uma grande variedade de músicas de Twenty One Pilots, Drake, Ariana Grande e Meghan Trainor até um dos artistas eletrônicos favoritos de seu filho de 15 anos, Eja, KSHMR com sua música “Light of My Life“, ela disse que voltou aos 5 anos de idade, sentada na sala de estar dos seus pais, ouvindo as gravações do Mamas & the Papas e dos Beach Boys.

Deixei que as composições liderassem o caminho e deixassem as histórias para onde queriam”, disse ela. “Eu queria ter certeza de ter nutrido a autenticidade e os elementos acústicos no álbum e eu fiz basicamente 99,9% de todos os backing vocals e organizei todos eles para que eles fossem muito orgânicos e quase retrô. Eu queria ser fiel às minhas influências e a mim mesma e estilisticamente acabou sendo muito diverso de uma canção para a próxima. O tema deste disco é a independência artística “.

Shania Twain Stagecoach Festival

E depois…?

Embora Twain em grande parte desapareceu do centro das atenções em 2004, ela mais tarde explicou em sua autobiografia “From This Moment On“, lançada em 2011, que um especialista tinha descoberto lesões em suas cordas vocais, o que exigiu alguma reabilitação. Em 2012, ela assinou um contrato para realizar seu show esgotado “Still The One” no The Colosseum at Caesars Palace e em 2015 ela embarcou em sua primeira turnê em 11 anos, chamada de “Rock This Country Tour“. Foi também originalmente anunciada como uma turnê de despedida.

Eu realmente amei estar em turnê e tive os melhores momentos e isso meio que terminou muito cedo“, disse Twain. Ela não chegou a fazer da turnê uma corrida internacional, já que precisou organizar-se em torno do horário de seu filho do ensino médio. “Eu acho que quando ele ficar mais velho vou pegar de onde parei e continuar, fazer mais em algum momento“, acrescentou.

Embora ela não tenha indicado exatamente que um novo álbum significaria um anúncio de turnê completa, ela disse que a turnê Rock This Country foi uma experiência edificante.

É engraçado você estar trazendo uma turnê de despedida porque eu senti que naquele momento, talvez isso era tudo o que eu tinha deixado em mim“, disse ela. “Eu realmente me senti assim, mas eu estava tão animada pela turnê e pelos fãs. Pela primeira vez na minha carreira, eu realmente senti que era mais fácil e os fãs realmente me deram mais do que nunca por algum motivo.

Ao longo de sua carreira, Twain recebeu inúmeros prêmios e honrarias, incluindo prêmios Grammy, Junos, uma estrela na Hollywood Walk of Fame em 2011 e mais tarde este ano ela vai ter sua própria exposição no Hall da Fama do Museu da Música Country em Nashville.

É um elogio muito grande“, disse ela. “É tudo parte da diversão e torna tudo um pouco mais real. Muitas vezes quando as coisas estão acontecendo no momento, especialmente quando você está loucamente ocupada, sua agenda é louca e você está esgotada e trabalhando duro, você perde um monte desses momentos que estão acontecendo porque eles são apenas passando por você. Então, quando você pode voltar e olhar para a estrela na Calçada da Fama ou ir a um museu e ver suas coisas, você pode parar e refletir mais. É quase como se você aproveitasse mais esses momentos do que naquele período, então é tão bom para mim quanto para os fãs.

Shania Twain se apresenta no Stagecoach Festival no dia 29 de abril junto com Dierks Bentley, Kenny Chesney, Willie Nelson & the Family, Maren Morris, Thomas Rhett, entre outros no Empire Polo Club, Indio, Califórnia.

Fonte: The Orange County Register

Shania Twain pode ser a próxima no Carpool Karaoke
13.04.2017
• publicado por Diego Brambilla em Notícias

De acordo com o site 1Iota, Shania Twain está entre os convidados musicais para o “The Late Late Show with James Corden” no próximo dia 18. Segundo a publicação, Twain se juntará a Bastille no Carpool Karaoke, um quadro do programa onde James e seus convidados musicais cantam suas canções.

Entre os convidados para o Carpool Karaoke já estiveram Adele, Mariah Carey, Elton John, Lady Gaga e Madonna.

Aparentemente, Shania ainda não apresentará seu novo single no programa, sendo uma aparição apenas para divulgar seu show no Stagecoach Festival, que acontece no dia 24 de abril em Indio, na Califórnia.

Sobre o The Late Late Show

O “The Late Late Show with James Corden” (também conhecido como “Late Late”) é um talk-show americano apresentado por James Corden na CBS. Indo ao ar de segunda a sexta-feira, o programa é gravado nas tardes de segunda a quinta-feira em Los Angeles, Califórnia.

Assista abaixo as participações de outros artistas no Carpool Karaoke:

ACM Awards: Relembre os figurinos de Shania ao longo dos anos
02.04.2017
• publicado por Diego Brambilla em especiais

Neste domingo (02), acontece a 52ª edição do ACM Awards, a premiação da Academia de Música Country. O prêmio homenageia e premia os grandes artistas e hits do último ano na música country. Entre os indicados deste ano estão Jason Aldean, Luke Bryan, Florida Georgia Line, Carrie Underwood, entre outros.

Marcado para acontecer na T-Mobile Arena em Las Vegas, o evento começa às 21 horas (horário de Brasília). Nesta edição, Dierks Bentley e Luke Bryan serão os anfitriões e, também estão escalados para se apresentar ao vivo. Além de Bentley e Bryan, Kelsea Ballerini​, Faith Hill, Lady Antebellum e Reba McEntire também estão entre os artistas mais aguardados da noite. E tem mais! Neste ano, até os Backstreet Boys estarão no evento, apresentando uma performance marcante junto com o Florida Georgia Line.

Entre os apresentadores estão Lauren Alaina, Bobby Bones, Kane Brown, Savannah Chrisley, Todd Chrisley e Jake Owen.

Falando em Shania Twain…

Ainda sem novo single ou álbum, nem a equipe de Shania nem os produtores do evento confirmaram a presença da cantora. No entanto, segundo o Las Vegas Review Journal, a cantora pode estar entre as apresentações surpresa no evento. Segundo a publicação, divulgando o primeiro single de seu novo álbum”Triumphant“, o primeiro de músicas inéditas em 15 anos, que deverá ser lançado ainda em maio deste ano.

Voltando alguns anos, a primeira aparição de Twain no ACM Awards se deu em 1995. Na ocasião, a cantora levou para a casa os prêmios de “Álbum do Ano” – por “The Woman In Me” –  e “Vocalista Feminina Revelação“. Ainda naquele ano,  Twain foi indicada para “Melhor Cantora” e “Single do Ano” com “Any Man Of Mine“.

Shania Twain levou dois troféus do ACM Awards em 1995.

Em 1999, indicada em duas categorias, Twain foi nomeada “Artista do Ano” pela Academia. Além disso, Dick Clark apresentou à cantora o prêmio de Duplo Diamante pelos seus dois álbuns recordes de vendas “The Woman In Me” e “Come On Over“.

Mais adiante…

Com um visual look sexy e chique, Shania Twain retornou ao palco do ACM em 2003. Indicada ao prêmio de “Vocalista Feminina do Ano”, a cantora tomou conta do tapete laranja. Naquele ano porém, o prêmio acabou indo para Martina McBride.

Em 2003, Twain foi indicada à "Vocalista Feminina do Ano" no ACM Awards.

Quatro anos depois, a cantora retornou ao evento com um casual vestido branco. Sem indicações naquele ano, Twain aproveitou o evento para reencontrar com os fãs. Naquele ano, a cantora afirmou em entrevista ao GAC que estava se dedicando a família e, apenas, compondo.

Shania Twain aproveitou o ACM Awards em 2007 para se reconectar com os fãs.

Em um visual simples, Twain chamou à atenção novamente em sua aparição no ano de 2013. Já em Las Vegas para os shows de sua residência, a cantora deu uma passada pela premiação para apresentar à Luke Bryan o prêmio de “Artista do Ano”.

Twain foi o centro das atenções no ACM Awards de 2013 em um visual chique e simples.

Neste ano, a 52ª edição do ACM Awards será transmitida ao vivo pela CBS. No Brasil, é possível assistir à premiação pelo site TV Guide, basta fazer um rápido cadastro usando e-mail ou Facebook. A premiação tem início à partir das 21h (horário de Brasília). Já que a tal “performance surpresa” não foi confirmada, basta aguardar e ver se realmente Shania Twain ainda está disposta a nos surpreender.

Shania Twain pode estar escalada para se apresentar no ACM Awards
29.03.2017
• publicado por Diego Brambilla em Notícias

O maior rumor não confirmado sobre o 52ª Academy Of Country Music Awards do domingo – e provavelmente permanecerá assim até a transmissão – é de que Shania Twain fará uma apresentação surpresa para estrear o novo single de seu novo álbum “Triumphant“, que será lançado no final da primavera.

Não é só seu primeiro LP de estúdio em 14 anos, mas também o primeiro sem seu ex-marido e produtor, Robert “Mutt” Lange, que estampou os tablóides após deixar Shania para fugir com sua melhor amiga.

Será o sucessor de seu álbum de 2002 “Up!”, que foi certificado diamante (10 milhões de unidades vendidas). Entre as canções do novo álbum estão “Who’s Gonna Be Your Girl”, “We Got Something They Don’t”, “Swinging With My Eyes Closed” e “Hard to Love”.

Antes de entrar no estúdio com os produtores Ron Aniello (Bruce Springsteen), Jake Gosling (Ed Sheeran), Jacquire King (Kings of Leon) e Matthew Koma (Zedd), Shania montou as faixas em casa usando o Garage Band e aplicativos Pro Tools em seu computador.

Não há nenhuma confirmação dos produtores de prêmios ACM ou Shania sobre domingo em Las Vegas, embora ela tenha tuitado, “Essa é para o fim de semana – não há nenhum lugar, mas acima daqui.

Shania diz: “Espere alguma mudança e algo diferente do meu novo material. Escrever é a minha terapia, e escrever este novo álbum me ajudou a aceitar muitas coisas emocionalmente. O divórcio foi muito doloroso. A música nova precisava ser realmente pura com minha própria história e minha própria jornada emocional.”

Tem sido um verdadeiro conflito tentando chegar a um acordo com emoções muito extremas e explicá-las às pessoas no formato de uma música. Foi um grande salto de coragem para mim. Eu não sabia por onde começar. Eu escrevia todo tipo de música, todo tipo de letra, todo tipo de melodia.

Shania confirmou que ela será performer com Dierks Bentley e Kenny Chesney no Stagecoach em 29 de abril em Indio, Califórnia, no Empire Polo Club. Em seguida, participará da abertura de sua exposição no Country Music Hall of Fame em Nashville em 26 de junho. Seu plano imediato é começar a trabalhar em outro álbum, agora que ela completou este.

Fonte: Review Jornal

Por trás do vídeo de “Man! I Feel Like A Woman!”
19.03.2017
• publicado por Diego Brambilla em especiais

Completando 18 anos neste mês, “Man! I Feel Like A Woman!” dominou as paradas country e pop por muitos anos e, sem dúvida, acabou por se tornar uma das canções mais bem sucedidas do álbum “Come On Over”. Em comemoração a esse grande hino de empoderamento feminino, resgatamos uma entrevista com um dos modelos – Bryce Buell –  que participam do vídeo com Shania. A entrevista foi feita em 2012.

Fazendo uma revisão rápida sobre o vídeo. “Man! I Feel Like A Woman!” foi filmado em 11 de janeiro de 1999 no Pier 59 Studios em Nova York. Foi inspirado pelo vídeo de “Addicted to Love”, hit de 1986 do cantor Robert Palmer. O vídeo foi produzido pela Propaganda Films, sob a direção de Paul Boyd.

Como você conseguiu o trabalho?

Eu fui chamado pela minha agência em Nova York no final de 1998. Eles me disseram que eu tinha sido escolhido para um videoclipe de uma cantora chamada Shania Twain. A única canção dela que eu tinha ouvido era “Still The One”, que já tocava bastante no rádio. Enquanto eles estavam fazendo a seleção dos modelos em Nova York em nunca compareci e fui escolhido apenas pelo meu cartão de apresentação. De acordo com o meu agente, eu fui o primeiro modelo escolhido para o vídeo.

Minha participação precisava que, primeiro, eu fizesse o ajuste da roupa, então, vários dias antes da gravação, eu peguei um trem para Nova York para os ajustes. Lá, eu experimentei as calças extremamente apertadas de couro preto e a camiseta vermelha. Eles pareceram satisfeitos então, 15 minutos depois eu peguei o trem de volta e fui pra casa. Antes de eu sair, eles me explicaram o conceito do vídeo e me deram um pacote com os contatos, as letras da música e uma cópia do vídeo de Robert Palmer.

O que aconteceu quando você chegou ao set no dia da gravação?

Man! I Feel Like A Woman!Quando eu cheguei no set, eu conheci os demais modelos, um coreografo e várias outras pessoas. Shania queria ver um de nós vestido e maquiado – isso há algumas horas antes dos rapazes se vestirem. Eu fui escolhido. Eu coloquei as calças e a camiseta, fiz a maquiagem, mas sendo o primeiro a fazer, bem antes, acabou que os maquiadores tiveram que exagerar – ficou mais forte que a maquiagem dos outros. Finalmente, eles me levaram para o camarim da Shania, mas, depois de esperar 15 minutos, me disseram que Shania não queria ver mais ninguém. Então, voltei para treinar os passos da dança, o que divertiu os outros caras ao me ver pronto. Brincando, tudo o que eu pude dizer foi “calma – vocês são os próximos!”

Como foi conhecer Shania?

Eu fiquei bem longe dela por horas, mas nunca nos conhecemos de fato. Nós fomos informados pelos assistentes e empresários que não estávamos permitidos a falar com a Shania, a não ser que ela falasse com a gente. Ela não fez isso. Não estou dizendo que ela não foi amigável. Pessoalmente, não faço ideia. Devo apenas dizer que ela foi muito profissional e focada. Chegar e conversar com o pessoal não fez parte do contrato. Ainda, eu comprei um CD dela, esperando que ela autografasse para a minha irmã no final da gravação, mas nunca fiquei confortável o bastante para pedir a alguém que conseguisse o autógrafo.

Quanto a sua aparência, Shania é obviamente uma mulher muito bonita, mas uma coisa que eu não tinha me dado conta é quão baixa ela é. Tudo nela é pequeno – seu corpo, seus braços, sua cintura, sua cabeça. Realmente uma mulher muito pequena.

Ela teve algum ataque de raiva?

Não. Apesar de que houve um momento em que ela estava um pouco irritada por que seu chá da dieta não estava pronto.

Como foi a gravação do vídeo?

Man! I Feel Like A Woman!

Basicamente, nós fomos colocados em nossas posições (Eu tocaria o baixo, bem atrás dela) e faríamos nossa “dança” enquanto a música era tocada. Então fizemos isso de novo – e de novo – e de novo. Eu não tenho certeza de quantas vezes fizemos isso, mas pareceu talvez umas trinta ou quarenta. Em cada vez, o diretor mudava a posição da câmera para capturar diferentes visões e ângulos.

É divertido como a música ficou na minha cabeça depois de ouvir umas quarenta vezes. Durante as 10 primeiras gravações você já aprendeu a música. As próximas dez tentativas, você realmente aproveita a música. Nas outras dez gravações você tenta se controlar e se pega pensando em outras coisas enquanto atua. E nas últimas dez tentativas você está tão enjoado que quer queimar o CD todo.

Agora, como a Shania era pequena, eu percebi que uma pequena câmera fazia um truque durante várias gravações para fazer com que ela parecesse maior diante de nós. Nas gravações de cintura para cima, ela era muitas vezes elevada em uma plataforma ou caixa para elevar sua altura.Na gravação do vídeo todo, eles moviam a câmera para a frente um pouco e abaixavam a altura da câmera para ter o mesmo efeito.

Você ficou nervoso durante a gravação?

Man! I Feel Like A Woman!Nervoso não. Mas eu me preocupei um pouco. Primeiro, me pediram pra dançar. Sem problemas, exceto quanto você é possivelmente o pior dançarino do mundo – um desastre na pista. Eu também devia fingir que estava tocando o baixo. Eu acho que nunca tinha pego uma guitarra antes, muito menos tocado uma e, eu sou canhoto também, por isso me senti ainda mais dificuldade. Felizmente, depois de muitas horas de esforço para fazer o passo eu finalmente consegui deixar “bom o suficiente”. Além disso, eles não pareceram se importar que eu não sabia tocar um baixo corretamente, como era facilmente aparente por qualquer pessoa que tenha visto o vídeo.

Além de ser um canhoto, não tocar guitarra, ser um dançarino terrível – houve outros desafios que você encontrou durante o trabalho?

O aspecto mais difícil de fazer o vídeo foi realmente físico – para os meus olhos e meu polegar direito. Fomos obrigados a nos concentrar em um único ponto em uma parede para cada gravação e não piscar. A parede, no entanto, era uma parede de nada, além de luzes fluorescentes! Entre cada gravação eu precisei espirrar Visine em meus olhos, que ficaram vermelhos e cansados após cada gravação. Além disso, após as primeiras várias tentativas, meu polegar direito estava começando a formar uma bolha por causa da guitarra. Aproximadamente no meio da filmagem eu não poderia usá-lo mais e só comecei a tocar as cordas. Uma cena no vídeo que realmente se concentra na minha mão fazendo a coisa de tocar. Tenho certeza que alguém que já tocou guitarra ri quando eles vêem.

Quanto eles pagaram?

O vídeo demorou mais para filmar do que o planejado e, portanto, com horas extras me lembro de ter feito aproximadamente US $ 8.000 pelo dia. Não consigo lembrar o tempo total que eu fiquei no estúdio, mas acho que foram 14 horas.

Quantos anos você tinha quando filmou o vídeo?

Em janeiro de 1999,eu tinha 28 anos.

Alguém já te reconheceu por estar no vídeo?

Essa é fácil. Não


Fonte: Modeling Wisdom

Agradecimentos: Edimar Lopes

278.jpg
277.jpg
latelate-11.jpg
latelate-10.jpg
latelate-09.jpg
latelate-08.jpg
latelate-06.jpg
latelate-05.png
latelate-05.jpg
latelate-04.png
latelate-03.jpg
latelate-02.jpg
latelate-01.jpg
grandrapids-16.jpg
05-mq-ballads-10-HQ.jpg
05-mq-ballads-04-HQ.jpg
05-mq-ballads-03-HQ.jpg
03-mq-coat-02.jpg
mid-5.jpg
mid-3.jpg
index.jpg
home-bg1.jpg
bg6.jpg
bg5.jpg
bg4.jpg
bg2.jpg
1383839_748682928489287_1943069397_n.jpg
5daef6983084e07cd9fed4d6974b2578_f58.jpg
4.jpg
3.jpg
2.jpg
grandrapids-15.jpg
grandrapids-14.jpg
grandrapids-13.jpg
grandrapids-12.jpg
grandrapids-11.jpg
grandrapids-10.jpg
grandrapids-09.jpg
grandrapids-08.jpg
grandrapids-07.jpg