Shania Who?

Shania Twain é cantora, compositora, produtora e escritora canadense, e um dos grandes nomes da música country no mundo todo. Atualmente possui quatro álbuns de estrondoso sucesso.

#ShaniaNOW: Shania Twain comenta as faixas do novo álbum

Shania Twain parece ter muito a dizer sobre as faixas de seu novo álbum “Now“, que completa seu primeiro mês de lançamento hoje. Até hoje, o álbum já chegou ao topo das paradas no Reino Unido, Austrália, Escócia, Canadá e Estados Unidos.

Para ajudar na divulgação do álbum, a cantora têm divulgado uma série de vídeos onde comenta cada faixa. Além disso, a cada entrevista sai um novo comentário sobre as canções. Confira abaixo:

Swingin’ With My Eyes Closed

“Essa é a música de um lutador. Sempre acreditei que eu era uma lutadora. A energia da canção vem de pegar a adrenalina do medo como combustível para a determinação e essa música é realmente sobre o espírito lutador de quão bonito é ser livre para poder escolher seguir em frente.”

Em entrevista recente ao site Pride Source, a cantora também associou à imagem à luta LGBT.

“A verdadeira profundidade da música é sobre, mesmo quando você não consegue ver o que está na sua frente, você ainda precisa seguir adiante. Você não pode voltar para trás, você deve seguir em frente e lutar por essa liberdade para exercer independência e coragem.”


Home Now

“É sobre essa jornada de cometer erros e se perder, mas ainda ter a coragem de seguir em frente até encontrar o caminho de casa, e seu lugar no mundo.”


Light Of My Life

“Foi uma das minhas canções favoritas de gravar. Eu amo o arranjo vocal e as harmonias, tem esse espírito retrô. A canção realmente é sobre alguém que eu não posso ter e amo isso, me senti assim várias vezes, especialmente na adolescência. Sabe, você ama alguém que nem sabe que você existe. É sobre isso que a canção se trata, mas ainda tem isso de ‘eu não ligo, eu vou esperar para sempre se for preciso, você é a luz da minha vida'”.


Poor Me

“É uma música que tem mais tristeza sabe, ‘pobre de mim’, ‘coitadinha de mim’, sentir pena de você mesma. Mas o prazer em escrever essa música vem em brincar com as palavras. ‘Poor’ tem duplo sentido. Então, como compositora, foi muito divertido criativamente de escrever e, ainda que eu estivesse escrevendo sobre ‘pobre de mim’, sabe ‘pobre de mim isso’, ‘pobre de mim aquilo’, o gancho é ‘me sirva outra dose’. ‘Sirva outra dose para mim’, sentindo pena de si mesma. E é muito divertido poder contar contar uma história inteira em três minutos e achar um jeito de brincar com as palavras e dizer tanto em tão poucas linhas. É também uma das minhas favoritas do álbum, eu realmente amo essa música.”

Em entrevista ao ET Canadá, Shania Twain ainda disse mais sobre a música:

“É um lado do espectro do lugar mais obscuro em que eu estive. Pena de você mesmo. ‘Pobre de mim’ é o título então, já meio que diz tudo. Musicalmente, eu realmente amo essa música, tem um poder emocional nela e é uma das minhas favoritas.”


More Fun

“Bem, eu estava relembrando. Eu estava realmente sentada em um quarto de hotel no andar superior assistindo milhares de fãs indo para um jogo de beisebol, enquanto eu estava com gripe, e eu estava com ciúmes – eu realmente queria ir. Eu realmente sentia pena de mim e pensei: “Ah, cara. Eu tenho que sair mais”. “


I’m Alright

“É outra música de celebração. Essa sou eu me sentindo triste e refletindo sobre a minha tristeza, mas eu sobrevivi. Eu estou bem.”


Life’s About To Get Good

“Essa canção tem uma história bem melancólica por um lado, “eu não estava só quebrada, estava arrasada” são as primeiras palavras. É sobre traição e toda a coisa ruim disso, mas também é sobre ver a luz no fim do túnel, sabe tem essa coisa de música alegre com história melancólica e eu a escolhi porque diz a verdade sobre onde estive e essa transição para onde estou agora”


Soldier

“Alguém viu meu soldado? Eu chorei muito quando escrevi essa música. Eu a escrevi ao longo de algumas semanas e, cada vez que eu voltava a escrever essa música, eu simplesmente chorava, eu tinha que ficar parando e era muito emocionante, o sentimento de perder alguém que você ama tanto.

Em entrevista recente à revista Variety, Twain também comentou que pensou em seu filho quando compôs a canção:

“Quando eu escrevi “Soldier”, eu estava pensando em meu filho, a ansiedade da separação, e penso nele fazendo seu caminho pela vida. Eu tenho meu filho aqui comigo, mas mesmo apenas dizendo adeus para ir à escola, eu sinto isso. E acho que muito disso vem de perder meus próprios pais tão de repente, sem poder me despedir. Eu pensei em outras famílias que têm um membro militar indo servir, e quando eles dizem adeus, eles realmente podem nunca mais ver essa pessoa. Nos tempos em que estamos, sempre tendo discussões na televisão sobre militares e guerras aqui e ali, eu sou afetada, como todos os outros. Estou preocupada… Essa música começa com “Não feche a porta quando você sair”. Normalmente, você diria a alguém, se estiver frio, para fechar a porta. Mas isso é: não feche a porta atrás de você, porque não me importo se está frio, talvez nunca mais te veja, e eu só quero que você me prometa que você estará de volta… Estou chorando, Estou tão emocionalmente envolvida nisso. E quando eu vi o filme, se ajustou tão perfeitamente. Eu chorei muito quando escrevi essa música, então estou feliz que a música tenha encontrado um lar tão apropriada.”


Where Do You Think You’re Going

“É mais sobre meus próprios pais me deixando, morrendo. Ou perda em geral, sobre quando você perde algo ou alguém e não há nada que você possa fazer sobre isso – esse desamparo que você sente… Há tantas coisas sobre meu dia a dia e minhas visões pessoais, jornalísticas das coisas.”


Let’s Kiss And Make Up

“Veio do meu marido atual, tivemos uma pequena discussão, eu fui e escrevi essa música, e essa música liberou isso.”

Você pode conferir todos os detalhes sobre o novo álbum de Shania Twain “Now“, clicando aqui.


Publicado por Diego Brambilla

COMENTÁRIOS