Shania Who?

Shania Twain é cantora, compositora, produtora e escritora canadense, e um dos grandes nomes da música country no mundo todo. Atualmente possui cinco álbuns de estrondoso sucesso.

O retorno de Shania Twain: orgulho ou decepção?

Muito têm se falado sobre o retorno de Shania Twain em 2017 com o seu primeiro álbum em 15 anos. “Now“, além de seu primeiro álbum desde “Up!” de 2002, ainda marca o primeiro trabalho da cantora sem seu ex-marido Robert “Mutt” Lange, responsável pela produção e co-criação das músicas dos álbuns anteriores da cantora.

Alavancado pelos singles “Life’s About To Get Good” e “Swingin’ With My Eyes Closed“, o álbum chegou às lojas no finalzinho de setembro e, rapidamente alcançou a primeira posição nas paradas dos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Austrália e Escócia, porém com a diminuição de sua divulgação, suas vendas caíram drasticamente, tirando o álbum do top 10 da Billboard já em sua segunda semana.

Considerando todo o processo que levou a cantora à produção do álbum, Dan Wooton concedeu à Shania o prêmio de “Retorno do Ano” no Bizarre Awards. Dan, que havia entrevistado Shania para seu podcast em setembro deste ano, escreveu no Twitter:

“Ela superou um coração partido, uma doença que ameaçou destruir sua voz e a batalha das paradas mais acirrada em anos ao ganhar seu primeiro álbum #1 em 20 anos. A incomparável Shania Twain, uma merecedora do “Retorno do Ano” #ShaniaTwain”

No entanto, o site MSN, considerou o retorno da superestrela country um dos mais decepcionantes de 2017, ao publicar: “O estilo de Shania não mudou nem um pouco, e sua marca de country-pop parece não estar fresca em 2017“. Confira a crítica completa abaixo:

Surpreendentemente, “Now” é apenas o quinto álbum de estúdio da Shania Twain. Isso parece estranho apenas porque seus esforços anteriores (começando com a “The Woman In Me” de 1995) conseguiram gerar singles crossover por anos e anos, fazendo parecer que foram lançadas toneladas a mais de material do que realmente foi. Ainda assim, a pausa de 15 anos entre “Up!” e “Now” foi incomum mesmo para Shania, o que significa que, com as expectativas em alta, o álbum resultante só poderia ser o resultado de várias rodadas de vários executivos e produtores que passavam por cada música e certificando-se de que cada momento estava perfeitamente em seu lugar. Este é Shania, afinal, então nada menos do que uma dominadora das paradas simplesmente não é aceitável.

O problema? Cuidadoso como cada nota e palavra perfeitamente colocadas para um impacto máximo, o estilo de Shania não mudou nem um pouco, e sua marca country-pop, pronta para o sol, não parece fresca em 2017: parece obsoleta, espancada. Até mesmo as suas apresentações vocais parecem planejadas e forçadas, o que é uma vergonha, considerando que a aparente simplicidade foi o que a tornou uma superpotência. “Now” pode ter liderado as paradas, mas rapidamente (e abruptamente) caiu do Top 10, provando o velho ditado que as bases de fãs são como as plantas: você deve continuar agradando-os. Depois de não conseguir fazê-lo por mais de uma década, apenas o núcleo permanece, e depois de uma série de músicas como esta, apenas o núcleo permanecerá com ela no futuro.

Após encerrar as apresentações deste ano, a cantora agora deve passar o final de ano com sua família e seguir para 2018 com sua turnê “Now” que tem início marcado para 03 de maio.

Publicado por Diego Brambilla

COMENTÁRIOS