Shania Who?

Shania Twain é cantora, compositora, produtora e escritora canadense, e um dos grandes nomes da música country no mundo todo. Atualmente possui quatro álbuns de estrondoso sucesso.

[Review] Shania Twain volta aos holofotes na Rogers Arena

Depois de uma ausência de 15 anos, Shania Twain voltou aos holofotes na Rogers Arena na noite passada (5 de maio) como se ela nunca tivesse saído. O show foi o prmeiro de dois shows consecutivos em Vancouver em apoio ao álbum “Now”, seu primeiro álbum desde “Up!” de 2002.

Now” estreou em primeiro lugar na parada dos 200 principais álbuns da Billboard. Mas seu retorno é mais notável porque ela voltou depois de uma década e meia de problemas de saúde e relacionamento. Ela fez uma cirurgia para reconstruir sua laringe depois de sofrer de paralisias devido à doença de Lyme. Ela também se divorciou de Robert “Mutt” Lange, que produziu três de seus álbuns, porque ele a traiu com sua melhor amiga Marie-Anne Thiébaud. Twain se casou com o ex-marido de Marie-Anne, Frédéric Thiébaud.

Um grande retorno exigia uma grande entrada. Twain apareceu da plateia na parte de trás da arena. Seguranças a acompanharam até o palco onde ela abriu com “Life’s About To Get Good”. A mensagem positiva era alta, clara e apropriada.

Na maioria das vezes, gosto de escrever sobre otimismo. Essa música é sobre todos os pequenos momentos ruins que nós apenas temos que rir”, ela disse apresentando “Up!”. Antes da próxima música “Poor Me”, que não é a única dela sobre a infidelidade, ela negou que estava “se sentindo bem no geral e em um espaço de apoio”.

Apesar do tumulto pessoal de Twain, ela é uma estrela pop country – a estrela country campeã de vendas e uma das estrelas que mais venderam em todos os tempos, na verdade. Então havia muito brilho em seu set. Ela celebrou o início do verão com “Come on Over”. Ela também tocou a regueira “Swingin’ With My Eyes Closed”, que ela chamou de sua canção de verão e disse lembrar das canções de rock de sua adolescência.

O mais divertido foi quando ela vestiu um chapéu de caubói, e sua banda arrebentou nos violinos e trompetes. “Don’t Be Stupid (You Know I Love You)”, “Whose Bed Have Your Boots Been Under?” e “Honey, I’m Home”. Depois de um solo de bateria de sete minutos e uma câmera de beijo, os fãs se levantaram para “Any Man of Mine”. Twain parecia ter o mais divertido flerte com seus dançarinos em “That Don’t Impress Me Much”.

Como mencionado, os músicos de Twain estavam livres para vaguear. Ela também se movia, muitas vezes longe do palco principal. Um assento suspenso no teto a levantou por um pequeno segundo no meio da arena. No alto, ela cantou “Soldier” e “You’re Still the One”. Ela também conheceu alguns fãs aqui: Chad, de Hope (que tinha família da Timmins, cidade natal de Twain) e Cameron, de Vancouver. Depois que eles fizeram selfies juntos, ela pediu que eles substituíssem seus guarda-costas. Chad e Cameron a levaram de volta ao palco principal e a ajudaram a subir em seu piano, onde ela cantou a tempestuosa “More Fun”.

O cantor / compositor suíço Bastian Baker, que abriu o show, se juntou a Twain para “Party for Two”. Em “(If You’re Not In It For Love) I’m Outta Here!” confetes e flâmulas dispararam acima do público que sinalizou fim. Mas, claro, havia encores: seu hit “Man! I Feel Like A Woman!” e “Rock This Country!

Twain disse ao público de Vancouver que ela superou seu divórcio, lembrando o quanto mais ela havia superado em sua vida. Traumas como o que ela sofreu quando criança – abuso físico, mental e sexual – não se curaram completamente. E o retorno dela não foi livre de drama. Ela disse ao “The Guardian” há duas semanas que teria votado em Donald Trump porque “apesar de ser ofensivo, ele parecia honesto”. Apesar de seu trauma entrincheirado e seu erro de RP, ela conseguiu voltar da melhor forma com um show ousado e glamouroso como seus vídeos de música. Ela disse que não conseguiu aproveitar seus primeiros anos porque trabalhava muito. Mas certamente pareceu que Shania Twain se divertiu com seu grande retorno em Vancouver.

Leslie Ken Chu
VANCOUVER WEEKLY

Publicado por Diego Brambilla

COMENTÁRIOS