Shania Twain dá conselhos a quem era com 26 anos de idade
21 mar 2020

Em nova entrevista divulgada no último dia 11 no site Refinery 29, a cantora, compositora, escritora e agora atriz Shania Twain falou sobre que conselhos daria se encontrasse com ela mesma quando tinha 26 anos de idade. Confira a tradução completa abaixo:

Aos 26 anos, eu estava no Canadá, em um lugar chamado Huntsville, Ontário, trabalhando no The Deerhurst Resort em um show de variedades. Foi a primeira vez que me apresentei fora do colegial e, de repente, tive que ir de cantora de country rock a uma produção muito mais fascinante que durou várias décadas de música. Eu era a vocalista e precisava usar um vestido longo ou vestidos de lantejoulas. Acho que nunca tinha usado maquiagem –  talvez um pouco de base – então foi uma experiência totalmente nova.

Nunca, nunca endureça seu rímel. Mantenha as pontas duplas cortadas. Uma vez que eles começam, eles nunca param.

Sem permanentes! Nunca use um permanente. E se você fizer isso, verifique se eles não enrolam demais. Estava tão na moda, mas com meu cabelo simplesmente não ficava bem. Sempre que olho para as fotos de mim usando jeans altos, fico tipo: ‘ Oh, por que eu fazia isso? Nunca funcionou. 

Em vez de fazer parte de uma tendência, seja a tendência.

Se você pode ficar sem sutiã, deve e não se preocupe tanto. Eu teria usado muito mais coisas que gostaria de usar se não estivesse preocupada em usar sutiã. Sempre nos disseram: nunca mostre seu sutiã, nunca deixe as tiras penduradas, blá blá blá. Eu gostaria de poder me dizer para ficar mais confortável com meu corpo e menos preocupada em pressionar tudo e amarrar tudo. Meia calça é uma grande invenção, mas não para uma pessoa de 26 anos. Aproveite sua liberdade. Aproveite a forma do seu corpo.

Eu nunca fui uma pessoa de academia. Aos 26 anos, eu estava literalmente cortando lenha e corria muito. Eu estava mais preocupada em ser forte e em moldar meu corpo para ficar em forma do que em ser magra. Coma bem e cuide-se, e seja qual for o peso que isso te deixe, aceite-o.

Ninguém precisa de muitos amigos. Invista em amizades que realmente durarão a vida toda. Nutra e valorize esses. Eles são valiosos.

Ouça mais do que fala e aplique o que aprender.

Eu não vou mentir. Eu tive uma educação bastante turbulenta e trágica. Meus pais morreram jovens e eu fui responsável por meus irmãos mais novos. Fiquei impressionada com a quantidade de obstáculos que havia. Eu ainda precisava de mais amor. Eu estava sozinha e não tinha apoio, mas sabia o que tinha. Nunca olhe para trás. Um pé na frente do outro. A única coisa que importa é para onde você está indo. Aspire ser mais do que o seu sofrimento. E quando tudo mais falhar, o filme “As Cinzas de Angela” colocará as coisas em perspectiva.

Não tenha medo; ouse ser você mesma. Há apenas uma de você, então seja você. É um ativo natural de usar. Não perca o foco da sua visão. Às vezes isso significa que você não será capaz de festejar. Você pode perder muita diversão. Confie em qualquer que seja o seu plano, sejam quais forem seus objetivos. Você tem que estar pessoalmente convencida de que vale a pena.

Seja econômica. Economize para um dia chuvoso. Aos 26 anos, nunca soube onde ou quando meu próximo emprego seria. Fiz minhas roupas durarem o máximo que podiam, apenas esticando tudo o máximo possível. Seria criativa com o conserto e compraria diferentes tamanhos de roupas e itens masculinos com desenhos. Eu estava sempre reinventando minhas roupas, cortando jeans, costurando botões, pintando algo diferente na minha camisa ou algo assim. É uma boa maneira de ter um estilo individual. 

Acima de tudo, conheça a si mesma.

Eu estava em um relacionamento sério aos 26 anos, e isso realmente me ajudou a focar muito no meu trabalho. Nunca me distraí em perseguir garotos ou ser perseguida. Provavelmente parece antiquado dizer isso, mas foi bom para mim como profissional ter estabilidade pessoal. Os parceiros devem apoiar você e seus sonhos. Você precisa fazer o seu trabalho. Não se segurem como um casal. Você ainda está crescendo, siga seu próprio caminho.

Ah, e Brad Pitt sempre me impressionou. Eu admito.

FONTE: Refinery 29