Entrevistas

Shania Twain fala sobre o novo álbum e turnê para o futuro

A cantora e superestrela de música Shania Twain está de volta! Com um novo single “Life’s About To Get Good” sendo o mais novo favorito dos fãs e o primeiro álbum de inéditas em 15 anos, a agenda da cantora, agora com 51 anos, tem estado bem cheia.

Dona de hits como “You’re Still The One” e “Man! I Feel Like A Woman!“, a cantora comentou o processo de criação de seu novo álbum, que deve chegar às lojas em setembro deste ano. Twain fez questão de reforçar todos os momentos decisivos para a composição das novas músicas. “Eu passei por muitos momentos desapontadores na minha vida, muitas experiências em que me senti abandonada“.

A cantora e artista feminina com maior vendagem da história da música country – com mais de 85 milhões de álbuns vendidos em todo o mundo – também comentou sobre o divórcio, que, segundo ela, foi o momento decisivo em sua vida e carreira.

A fase do divórcio foi, o que eu posso chamar de palha que quebrou as costas do camelo, como se todas as camadas da minha vida por ter passado por esses desafios, de repente fossem pesadas demais e a barragem quebrou, mas também me transbordou criatividade“.

Foi dessa forma, segundo Twain, que surgiu as inspirações musicais para o novo álbum. “É o que eu faço, eu sempre me volto para a composição quando preciso de conforto ou escapatória.

Além disso, a cantora também afirmou que se preocupou em criar músicas de qualidade para o que chamou de seus maiores apoiadores, seus fãs. “Eu me importo em escrever canções que os fãs possam amar e se identificar com elas, eu me importo em fazer música de qualidade e me importo com a qualidade do trabalho que eu crio.

Depois de dois anos de uma bem sucedida residência em Vegas, viajar pelo Canadá e Estados Unidos em 2015 para o que foi anunciado como sua turnê de despedida, a rainha do country-pop, que passou por um longo processo de reabilitação vocal, – depois de ter passado por disfonia e doença de Lyme, que afetaram sua voz permanentente – ainda não está pronta para abandonar de verdade os palcos.

Ao longo do caminho, tudo foi um exercício de construção de confiança por causa da voz, para poder voltar ao palco, no Caesars Palace, mas não havia turnê envolvida, então foi mais fácil para mim lidar com a voz. Depois, consegui fazer isso muito bem, então eu pensei ‘bem, vamos ver se consigo fazer isso na estrada, e consegui, caí na estrada e também foi muito bom. Quando eu subi ao palco, eu achei que seria a última vez que faria isso, mas eu consegui.

Entretanto, após tantas experiências de palco, as coisas mudaram um pouco para Twain. “Leva cerca de uma hora e meia para me preparar para o show agora, então é cansativo.

Se veremos a rainha do country no palco novamente?

Agora que tenho novas músicas, estou bem motivada em trazer essas músicas ao vivo.

 

Novas músicas

 

Quanto a composição de seu novo álbum, esta será a primeira vez em que a cantora não trabalha em parceria com nenhum outro compositor. Desde o sucesso de seu segundo álbum “The Woman In Me“, de 1995, Twain sempre teve a parceria de seu então marido e também produtor “Mutt” Lange. No entanto, para este álbum, a cantora falou sobre as expectativas do público e de como as coisas “fluíram” durante as gravações.

Muitas pessoas estão ansiosas o novo álbum, e pelo lado da indústria, tem sido bom nesse sentido. Os músicos todos felizes por estar ali, realmente um bom espírito em torno de tudo isso e, tratando isso com importância o que admiro. Trataram com respeito e me fizeram com que eu sentisse que todo mundo estava me esperando e me desejando o melhor, foi bem sincero e genuíno então, foi uma experiência de apoio.

No fim das contas, Twain também revelou que Prince a procurou, em busca de ser um dos colaboradores para o novo álbum. “Ele foi o primeiro quando eu ainda estava me separando, naquele momento, eu não estava nem perto do tratamento vocal ainda, não tinha confiança vocal nem canções escritas e prontas então, ele estava bem na minha frente.

No entanto, Shania admitiu: “O lado bom é que consegui conhecer, trocar ideias com ele e fico agradecida por isso.

Além de tudo isso, a cantora ainda tenta balancear a carreira com a vida de dona de casa e mãe. “Eu sou bem tradicional como mãe, gosto de sentar na mesa para jantar, gosto de cozinhar o café da manhã aos domingos, gosto de fazer o almoço“.

O jeito de balancear nesse momento é planejar em torno dos verões e da agenda escolar, o que gera preparação para os eventos.

Quanto a seu filho, Eja, agora com 15 anos de idade. “Ele vai para a Europa, trabalha em estúdios, viaja com o pai, vai a jogos de futebol, enquanto eu, sabe, preparo o lançamento do meu álbum.”

O novo álbum de Shania Twain, “Now” deve chegar às lojas em setembro deste ano. Os fãs já podem adquiri-lo na pré-venda exclusiva do site da cantora, clicando aqui.

[POPLINE] Shania Twain fala do retorno à música após 15 anos, os planos de nova turnê mundial e do sonho em visitar o Brasil

Desde que lançou seu último álbum de inéditas, “Up!” – e o “Greatest Hits” – Shania Twain passou por momentos bem difíceis em sua vida pessoal: a traumática separação do marido, produtor e parceiro das composições “Mutt” Lange, e consequentemente o problema com sua voz, resultado de uma disfonia – condição médica que a impossibilitou de cantar por um longo período. Dona do álbum feminino de maior vendagem da história – “Come On Over”, com mais de 40 milhões de cópias vendidas em todo mundo – e dos hits “You’re Still The One”, “From This Moment On” e “Man! I Feel Like a Woman”, a rainha do country está de volta com um novo disco inéditas e, dessa vez, como única compositora. Intitulado “Now”, o disco chega ao mercado no dia 29 de setembro embalado pelo primeiro single “Life’s About To Get Good”.

Em conversa exclusiva com o POPline, Shania fala sobre a pressão de voltar a música, os planos para uma nova turnê mundial e o sonho de conhecer o Brasil: “Não planejei as datas dos shows ainda, mas o Brasil estará na agenda, com certeza”, afirma. Confira abaixo:

Depois de longos 15 anos, você sentiu algum medo em gravar novas músicas?
Eu fiquei bastante nervosa em voltar ao estúdio novamente. Porque já se passou um longo tempo e principalmente porque tive alguns problemas com minha voz.. por isso tive bastante insegurança. Ahh, e também porque escrevi todas canções sozinhas. Então eu estava… ah, sabe, eu sabia que teria que enfrentar toda pressão. O projeto sozinho nas minhas costas.

Quando você parou e pensou: Ok, agora é hora de voltar ao estúdio e pensar em novas canções? 
Bem, eu realmente só decidi voltar ao estúdio com esse projeto quando eu consegui administrar esses problemas que tive com minha voz.

A indústria musical mudou muito nos últimos anos. Quando seu último álbum “Up!” foi lançado, o digital e streaming ainda nem existiam. Isso é um novo desafio para você? 
Eu acho que há vantagens… e eu gosto dessa ideia dos fãs terem acesso imediato as música e dos artistas terem isso com seus fãs, com o público. Mas de todo modo eu acho que o relacionamento entre o artista e os fãs e essa nossa dinâmica continua a mesma. Agora só temos mais mídia e um relacionamento mais honesto agora.

(Não sei se você sabe, mas São Paulo aqui no Brasil é o terceira cidade que mais ouve suas músicas no Spotify) – em 21/06
Ohh, isso é maravilhoso! Maravilhoso de verdade. Eu sei que tenho muitos fãs brasileiros. Vejo muitos vindo ver os meus shows aqui ou em outros lugares.

Falando sobre o novo álbum “Now”. Claramente veremos uma Shania de agora. O que podemos esperar desse novo projeto?
Bem, o álbum é o provavelmente o mais pessoal e honesto, ou talvez, o álbum mais puro que já gravei, simplesmente porque sou a única compositora de todo disco. Então isso o deixa ímpar.. e é uma versão mais moderna de mim mesma e conta a minha própria história representando a superação das dificuldades, de sobrevivência dos momentos difíceis e encontrar uma atitude positiva acima de tudo.

E qual sua faixa favorita?
Como o álbum ainda soa novo para mim também é difícil dizer qual música é minha favorita. É difícil, mas se eu tivesse que destacar seriam “Poor Me”, “I’m Alright”. Assim, uma das minhas músicas favoritas se eu tivesse que escolher é uma música chamada “All In All”, mas eu acho que os fãs irão escolher suas favoritas, dependendo como eles se relacionam com elas. Mas assim, ainda é difícil ser mais objetiva porque é muito cedo.

Alguma parceria nesse álbum?
Não. Não tem nenhuma colaboração nesse álbum. É só eu e os produtores.

O álbum sai somente em setembro. Vamos poder ouvir alguma outra música nova até lá? 
Simmm! Eu devo lançar uma nova música antes de setembro sim.

Vi “Swiming With My Eyes Closed” no “Today Show”…essa música tem uma letra bem forte…
Ohh obrigado! Na verdade, essa será o segundo single.

Alguns anos atrás você regravou uma versão de “You’re Still The One” com a Paula Fernandes. Você conhece algo mais do Brasil? 
Olha, eu pesquisei um pouco sobre o Brasil desde que encontrei com Paula… porque nós tivemos bastante contato juntas. Ela me convidou para montar alguns cavalos porque ela também ama andar a cavalos. Mas quando estiver aí em turnê, ficaria feliz se ela me guiasse pelo Brasil para conhecer um pouco mais do seu bonito país.

Falando em Brasil, pedimos aos fãs para fazer uma pergunta, e 90% deles querem saber quando teremos um show da Shania Twain por aqui.
(risos) Olha, eu ainda não planejei as datas da minha turnê ainda. Mas meu sonho é fazer uma turnê mundial, e.. o Brasil estará nesse plano, com certeza. Se conseguir fazer a turnê mundial, será como realizar um sonho ir ao Brasil.

Para finalizar, você poderia mandar um “Oi” para o POPline e seus fãs brasileiros?

Entrevista: falamos com Shania Twain! A rainha do country contou detalhes sobre o retorno após 15 anos afastada, o desejo de fazer uma nova turnê mundial e do sonho em conhecer o Brasil. Leia: https://goo.gl/Xbzy11

Opublikowany przez POPline na 28 czerwca 2017

Fonte: POPline

[PAPELPOP] Shania Twain quer gravar com Taylor Swift e Sia

Depois de 15 anos do seu último álbum de estúdio, Shania Twain está prestes a voltar ao cenário country pop com o novo disco “Now”, programado para ser lançado em setembro deste ano. O Papelpop conversou por telefone com a cantora canadense, que contou mais sobre o novo projeto e que gostaria de um dia fazer uma parceria com Taylor Swift e Sia. “Acho que isso seria bem interessante.”

Shania falou que o seu novo trabalho é bem pessoal. “Eu escrevi ele inteiro, sem a colaboração de ninguém, o que o torna bem direto e emotivo. O álbum sou eu por inteira”, explica. A cantora também explicou que Prince quase produziu o seu novo disco, e que ela sempre viu uma conexão muito forte entre o country e o pop. “Eu amo Miley Cyrus, eu amo Taylor Swift”, confessou.

A canadense também falou que mantém contato com Paula Fernandes, com quem gravou uma versão do seu hit “You’re Still the One”, em 2014, e que sonha em vir ao Brasil. “Ela veio até Las Vegas, passamos um bom tempo juntas, e ainda mantemos contato. E eu nunca fui ao Brasil. Eu conheço pouco. Até andei pesquisando mais sobre o Brasil, porque planejo ir para aí. A Paula até já me mandou fotos para me deixar com mais vontade. Se eu conseguir fazer shows aí, acho que vou acabar ficando um tempo a mais só para passear e conhecer o país.

Na semana passada, Shania Twain liberou “Life’s About To Get Good”, o primeiro single de “Now”, que chega às lojas no dia 29 de setembro.

PAPELPOP: O seu último álbum foi lançado há 15 anos, como é voltar com novas músicas, um novo álbum, depois de tanto tempo?

Shania Twain: É muito gratificante e super emocionante voltar a trabalhar nas músicas. É um sentimento muito bom.

Em 2012, você começou uma residência em Las Vegas…

Isso mesmo, fiquei lá por dois anos.

Depois de você, muitos artistas também começaram residências, como Britney Spears, Jennifer Lopez, Mariah Carey, quais são os prós e os contras de uma residência em Vegas?

Há muitas coisas positivas em uma residência em Vegas. É uma produção excepcional. Foi um momento maravilhoso e extraordinário. Não era tão desafiador ficar em um único local, ao invés de viajar o tempo todo. A única coisa negativa é que você deixa de conhecer cidades novas, e o público dessas cidades. Fora isso, ter uma residência em Vegas é uma ótima experiência.

Você tinha dito anteriormente que conversou com Prince por alguns meses e que ele quase foi produtor deste seu novo álbum. Poderia explicar melhor isso?

O Prince foi atrás de mim para produzir um álbum. Mas não era um timing muito bom para mim, porque eu estava no meio de um processo de divórcio, então eu não tinha escrito músicas o suficiente e estava com problemas na voz, eu não estava pronta para fazer um novo álbum. Foi uma conversa bem prematura, e infelizmente eu não estava pronta mesmo. Agora que ele se foi, eu me sinto muito grata por tê-lo conhecido, conversado com ele, trocado experiências. Me sinto muito sortuda por tê-lo conhecido, mesmo sem ter tido a chance de trabalhar efetivamente com ele.

Há algum tempo você foi diagnosticada com disfonia [dificuldade na produção da voz]. Como foi gravar este novo álbum e lidar com a recuperação da sua voz?

Isso afetou muito a minha capacidade vocal. Eu comecei a fazer uma terapia mesmo antes dos meus shows em Vegas, e depois eu segui com a minha turnê “Rock This Country”, sempre fazendo trabalhos com a minha voz. Eu fui cada vez mais encorajada a voltar a gravar em estúdio. Foi um processo longo, até que eu adquiri a confiança suficiente para fazer o álbum novo.

Já há planos para uma turnê com o “Now”?

Sim. Agora que o álbum está pronto, e estou muito confiante com as músicas, gostaria de apresentá-las ao vivo.

Talvez vir ao Brasil…

Exatamente [risos]. Eu adoraria. Eu nunca estive aí. Sei que muitos brasileiros vêm aos meus shows. Seria incrível poder ir ao Brasil e fazer shows por aí.

Você tem um dueto com a Paula Fernandes, uma versão do seu hit “You’re Still the One”. Você conhece outros artistas brasileiros?

Ela é quem eu mais conheço, porque ela veio até Las Vegas, passamos um bom tempo juntas, e ainda mantemos contato. E eu nunca fui ao Brasil. Eu conheço pouco. Até andei pesquisando mais sobre o Brasil, porque planejo ir para aí há um tempo. A Paula já me mandou fotos para me deixar com mais vontade. Se eu conseguir fazer shows aí, acho que vou acabar ficando um tempo a mais só para passear e conhecer o país.

E já ouviu o sertanejo, o country brasileiro?

Não. Acho que preciso pedir para a Paula me mandar para eu ouvir.

Shania, você é chamada de a Rainha do Country Pop, e recentemente algumas cantoras como Taylor Swift foram do country para o pop, Miley Cyrus que quer voltar às raízes country, ou mesmo Lady Gaga e Beyoncé que experimentaram um pouco do country em seus últimos trabalhos. O que estes dois ritmos têm tanto em comum?

Acho que há uma grande ponte entre esses dois gêneros musicais. Tem muito de as músicas contarem uma história. Há também o folk, que mistura um pouco de country e pop. O country não é tanto para dançar, mas para você falar algo para si mesmo, ou para os outros. Mas há muitos tipos de country e muitos tipos de pop. Eu me considero bem voltada ao pop. Eu gosto de públicos e gêneros mistos.

E o que você acha do trabalho dessas cantoras pop com uma pegada country?

Eu adoro. Eu as amo. Eu amo Miley Cyrus, eu amo Taylor Swift. Elas são duas artistas incríveis e fazem trabalhos memoráveis.

O que podemos esperar do seu novo álbum?

É um álbum bem diversificado. É muito pessoal, eu escrevi ele inteiro, sem a colaboração de ninguém, o que o torna bem direto e emotivo. O álbum sou eu por inteira.

Você disse que não teve a colaboração de ninguém no álbum, mas pensa em fazer uma parceria com alguém em um projeto futuro?

Sim, eu gosto bastante de parcerias. É que este álbum é mais sobre mim mesma, mostrar o meu verdadeiro eu. Fiz ele por mim.

Há algum nome com quem você nunca trabalhou, mas gostaria?

Há tantas pessoas! Eu acho que gostaria de trabalhar com a Taylor, porque ela é uma ótima cantora e compositora. Acho que isso seria bem interessante. E A SIA! Eu adoraria trabalhar com a Sia, seria muito legal fazer algo com ela!

Nosso tempo está acabando, mas muito obrigado por conversar comigo. Estou aguardando o lançamento do seu álbum em setembro.

Ah, obrigada, você vai gostar dele! Tchau, tchau!

Fonte: PapelPop

Novo álbum de Shania Twain: tudo o que sabemos

Desde o momento em que Shania Twain mencionou estar trabalhando em um novo álbum em 2013, os fãs da música country tem ansiosamente esperado pelos detalhes.

Dizer que as coisas mudaram para Twain desde seu último lançamento, “Up!”, lançado em 2002, é uma drástica avaliação. Seus álbuns anteriores – “The Woman In Me”, “Come On Over” e “Greatest Hits” – foram produzidos por seu então marido, Robert John “Mutt” Lange, mas em 2008, o casal se separou, depois do affair entre Lange e a melhor amiga de Twain, Marie-Anne Thiébaud. Em uma irônica troca de casais, Twain se apaixonou por Frédéric Thiébaud – o então marido de Marie-Anne – e o casal se casou em 2011.

Twain se afastou da vida pública por muitos anos, mas entre 2012 e 2014 se apresentou uma residência em Las Vegas e, mais recententemente, embarcou na turnê “Rock This Country” em 2015. Mas ainda assim, não lançou novas músicas – mas ela ainda está definitivamente trabalhando nisso.

O Título

Twain ainda não revelou o título de seu próximo álbum.

O Lançamento

Twain disse que planeja lançar um novo single em março, com o álbum todo chegando às lojas em Maio (segundo a Rolling Stone).

A Gravadora

Twain mantém contrato com a Universal Music Group Nashville. Todos os seus álbuns anteriores foram lançados pela Mercury Nashville, que opera como parte da UMG.

A Capa

Apesar de ainda não termos visto a capa do novo álbum de Twain, todas as suas gravações até agora, contaram com a sua foto na capa. (Com seu rosto perfeitamente simétrico, ninguém está reclamando!)

Os produtores

Shania contou com Jake Gosling para a produção de seu novo álbumPela primeira vez em muitos anos, Twain precisou encontrar um novo produtor para seu projeto. Em junho de 2015, ela deu uma atualização sobre esse processo.

Eu estou procurando por pessoas. Eu ouvi muitas gravações e olhando a história de muitas músicas e tentando determinar, “Ok, quem é o responsável por aquela música que eu amo, ou quem é o responsável por aquele álbum que eu amo, ou aquele som que eu amo?””, Twain explicou na época. “Eu estou escolhendo assim, em vez de ir por gênero.

É como um primeiro encontro,” acrescentou. “É um pouco estranho, porque eu não sei como trabalhar com outras pessoas. Depois de todos esses anos, tem sido realmente uma curva de aprendizado, essa é um bom jeito de colocar.

O Single

De acordo com Twain, o prmeiro single do projeto será lançado em março. Porém, ela ainda não divulgou o nome ou o tema da canção.

O Estilo

Shania Twain em estúdio gravando seu novo álbumOs fãs estão acostumados a ouvir os hits pop-country de Twain, como “That Don’t Impress Me Much” e “From This Moment On”, mas seu novo álbum será mais “variado”, diz ela.

“Esse álbum é o mais variado que qualquer outro álbum que eu tenha feito – não que eu tenha feito uma tonelada de álbuns mas, é o mais variado dos álbuns que eu fiz,” explicou. “Há muita variedade nele, mas o que eu aprendi sobre mim mesma é que, como compositora de todas as músicas, a emoção e a voz se conectam em um só artista.

Twain chamou esse álbum de um crescimento da “independência”, e admite que houve “muito trabalho duro”, mas também diz que “foi o trabalho duro mais divertido que já tive.”

Apesar deste novo álbum ser diferente dos demais, os fãs ainda reconhecerão Twain – e ouvirão muito rock e country nas gravações. “Eu acho que terá um contraste, com certeza. É assim que eu sou. Mesmo se eu o produzisse sozinha, eu manteria esse nível de contraste”, explica. “Eu acho que é por isso que funcionou tão bem nas gravações que eu fiz. O rock e o country é algo que me atrai, por isso, eu acho que é um grande contraste vai permanecer. Eu não sei se faria um álbum de rock puro. Eu não me sentiria bem se não fizesse essa mistura em algum lugar.

Mesmo com esse álbum chegando depois de algumas das experiências mais obscuras da vida de Twain, não se preocupe sobre ser sofrido. Ela diz, “Tem uma pegada mais soul nas minhas composições dentre tudo o que eu já me permiti fazer antes. São músicas divertidas também. Eu gosto de me manter positiva. Eu garanto que vão ter algumas coisas que vão fazer com que vocês se sintam bem e felizes. Eu estou me divertindo muito.

As canções

Shania Twain em seu estúdio gravando seu novo álbumTwain decidiu compôr todos as músicas sozinha. “Precisava ser realmente puro com minha própria história e minha própria jornada emocional,” contou a Rolling Stone. “De repente, eu estava sozinha e não queria fugir disso. E não é algo colaborativo, é algo muito pessoal.

Uma das canções “Who’s Gonna Be Your Girl?” é uma reflexão direta sobre o fim de seu casamento. “É sobre se sentir desapreciada e saber que você é a segunda opção,” ela observa. “Ter que viver com alguém que tem prioridades diferentes e aceitar que você não é a coisa mais importante na vida dessa pessoa.

Outra canção “Swinging With My Eyes Closed”, mostra sua resiliência: “A lutadora dentro de mim escreveu essa música”, disse Twain. “Eu estava pensando em um boxeador, ou um bebê saindo com os olhos fechados e os punhos fechados. Eles não podem sequer ver ainda e estão balançando com os olhos fechados.

Há ainda outra faixa inspirada um jogo de baseball, chamada “We Got Something They Don’t”. O título sugere um comentário sobre seu novo amor, mas, Twain disse a Rolling Stone, “Eu estava doente, em um quarto de hotel e tinha um jogo da Major League Baseball logo abaixo do hotel. Eu estava chateada por não poder ir lá e apreciar o jogo, então eu escrevi esta canção sobre a equipe vencedora e o que eu gostaria de sentir, e eu entrei no espírito do jogo. Trata-se de se sentir como um campeão.

Twain explicou que muitas das canções do disco renasceram durante o processo: “Muitas delas começaram um pouco melancólicas e muito obscuras,” ela admitiu. Por exemplo, “Swinging With My Eyes Closed” era totalmente triste no início. E, de repente, a luz se acendeu e houve luz no meio da escuridão. Há várias músicas que têm esse contraste que talvez sejam bem sutis para o ouvinte até mesmo perceber.

A turnê

Twain embarcou em sua última turnê em 2015. Foi sua primeira turnê norte-americana em 11 anos, mas ela decidiu que já está terminado esse aspecto de sua carreira.

Eu sinto que estou pronta para pendurar meu chapéu sobre esse aspecto,” ela diz. “Eu realmente quero terminar com uma explosão.

Fonte: The Boot

Bastian Baker fala sobre sua relação com Shania Twain

Bastian Baker em foto com Shania Twain e seu marido, 2012.

O cantor suíço Bastian Baker, dono de sucessos como “Lucky“, em uma entrevista recente ao site The National, falou sobre sua relação com a cantora country Shania Twain. O cantor, que abriu shows durante a turnê de despedida de Twain, mencionou: “Eu me tornei muito próximo de Shania Twain.”

O cantor conheceu Shania no Festival de Jazz de Montreux, há alguns anos atrás. Segundo ele, ela se tornou sua mentora: “Ela se tornou uma boa amiga. Sempre que eu tiver uma nova canção, eu a tocarei para ela e ela me dará um conselho incrível na produção e composição. Então, ela é como minha mentora.

Além de terem estado juntos durante a Rock This Country Tour em 2015, Bastian e Twain também estiveram juntos durante o afterparty do programa Shania Kids Can, que ocorreu em 2014 em Las Vegas. Para Shania, Baker “é muito talentoso, um ótimo cantor e compositor, um bom contador de histórias”.

Fonte: The National

ÚLTIMAS DA GALERIA

nowpromo-06.jpg
nowpromo-05~0.jpg
danwotton-06.jpg
lplondres-04.jpg
danwotton-05.jpg
danwotton-04.jpg
danwotton-03.jpg
danwotton-02.jpg
lplondres-03.jpg
lplondres-02.jpg
lplondres-01.jpg
danwotton-01.jpg