Bem vindo ao Portal Shania Twain, um fã site feito e administrado por fãs da cantora, não tendo fins lucrativos e não possuindo nenhum contato com Shania Twain ou seus assessores e agentes. Todo o conteúdo retirado do site, incluindo notícias, fotos, entre outros, deve manter os devidos créditos. Todo o conteúdo do site é revisado e editado periodicamente, e todos os direitos referentes às publicações, mídias e suas respectivas fontes sempre estão sendo atualizados.

Em entrevista publicada hoje (24), no site Money Today, a cantora Shania Twain falou sobre seus projetos atuais, o relançamento do álbum “The Woman In Me”, a pausa de sua residência em Vegas e novos projetos para o futuro.

Confira a tradução completa abaixo:

Em 10 de setembro de 2020, aconteceu a coletiva de imprensa do Festival de Cinema de Zurique (ZFF) nos chalés de Claude Nobs, “Le Picotin” em Caux / Montreux. Depois que terminou, houve uma oportunidade inesperada de falar com Shania Twain em particular. 

Shania, você é cantora, compositora e performer bem conhecida e de muito sucesso. Seu último álbum “Now” foi lançado em 2017. Você escreveu novas músicas que planeja gravar e lançar em um futuro próximo?

Eu montei um novo álbum. Agora estamos sentados aqui no minúsculo chalé, de onde obtenho muita inspiração.

O Covid é um desafio, no entanto. A indústria do entretenimento tem uma nova era: antes da Covid, durante a Covid e – espero que em breve – depois da Covid. As medidas causadas pela Covid têm um efeito massivo na produção e na aparência. O Covid tem me mantido na Terra mais recentemente, estou de castigo. No momento, as produções não podem ser feitas da maneira como normalmente são feitas. Atualmente, todos os artistas trabalham em grupos muito pequenos e usam a tecnologia para colaborar remotamente. É assim que tenho que trabalhar sozinha. Então, o álbum provavelmente está saindo mais devagar do que o normal, mas estou trabalhando em um novo álbum. De qualquer forma, espero poder lançar novas músicas na primavera do próximo ano. Esse é o meu objetivo.

A Covid pode ser um desafio, mas significa simplesmente que, onde quer que esteja, você deve continuar e permanecer produtivo. Isso é o que eu faço, e espero que isso não me atrase muito. Estou muito otimista de que meu novo álbum será lançado nesta primavera.

Shania Twain na coletiva de imprensa do Festival de Cinema de Zurique

Dois duetos com você foram lançados nos últimos meses

Sim, e isso durante o Covid. Um com Orville Peck , o cantor country canadense mascarado, e o outro com Ronan Keating , o cantor pop irlandês. “Legends Never Die” , um projeto muito interessante com Orville Peck, foi gravado durante o Covid, enquanto “Forever and Ever, Amen”  com Ronan Keating foi gravado em fevereiro, pouco antes de Covid, mas estava sendo lançado durante o Covid.

Você recentemente apareceu em dois filmes diferentes

Sim. Em 2019 foi lançado “Trading Paint” com John Travolta, e em 2020 “I Still Believe” com KJ Apa, Britt Robertson e Gary Sinise, o ator mais famoso do filme, uma pessoa maravilhosa. E a história que o filme conta é de partir o coração. “I Still Believe” foi lançado nesta primavera. E até agora, eu joguei em todos os dois filmes para os quais fui convidada. Foi uma ótima experiência.

É algo que você deseja prosseguir no futuro?

Em qualquer caso. Eu realmente gosto de atuar, gosto de assumir o papel de outra pessoa. Eu realmente aprecio a camaradagem entre os atores e também aprecio o lado da produção do cinema. Gosto de interagir com a grande equipe envolvida; Estou muito ciente da iluminação e de todos os elementos de fundo e do fato de ser convidada. Eu gosto dessa experiência. É revigorante tocar em uma plataforma que não seja um estúdio ou palco. Portanto, é apenas um acréscimo à expressão criativa, uma extensão de algo que gosto. 

Agora você também tem seu próprio programa de rádio?

Sim, recentemente comecei meu próprio programa de rádio na Apple Music, o que é muito fácil de fazer durante o período do Covid. Porque estou literalmente sentada com meu computador e um microfone falando sobre minha música favorita, que inclui uma série sobre o Festival de Jazz de Montreux. Não é maravilhoso? O show começou em agosto e já está funcionando, então fiz isso durante o Covid.

Você apareceu no Good Morning America no mês passado

Na verdade fiz uma aparição no “Good Morning America” ​​daqui de cima, o “Picotin” em Caux / Montreux. O “Good Morning America” ​​usou tecnologia de videoconferência para transmitir e gravar uma performance acústica ao vivo de dois de meus sucessos nos Estados Unidos.

O que vem por aí?

O Covid interrompeu minhas apresentações em Las Vegas, minha residência lá. Mas assim que for anunciado que é seguro voltar, estarei de volta ao palco do Zappos Theatre no Planet Hollywood Resort and Casino. Ainda estou esperando, por mim, então nada com que se preocupar. 

Minha trilogia de álbuns de diamantes consecutivos – “The Woman in Me“, “Come On Over” e “Up!” – serão remasterizados e lançados com conteúdo adicional. O primeiro dos três álbuns – “The Woman in Me” – já pode ser pré-encomendado, 25 anos após seu primeiro lançamento. É uma ocasião solene para mim ser capaz de relançar este álbum em uma nova forma. Todos os três álbuns foram completamente remasterizados e também há todo tipo de material novo neles. É muito, muito gratificante ainda estar muito ativa em minha carreira, trabalhando em uma reedição de álbuns de sucesso anteriores que foram lançados pela primeira vez há 25 anos. Acima de tudo, é lindo e emocionante para os fãs. É um momento muito, muito emocionante para mim.

Estou fazendo uma série de televisão chamada Heart of Texas. Você se lembra de como eu falei sobre meu gênero de filme favorito “Western” na entrevista coletiva da ZFF. Eu estarei como produtora executiva, atuando e escrevendo a música para esta série de televisão. Não mencionei essa série de TV na coletiva de imprensa porque aquele dia era sobre cinema. Mas é um projeto que estou realizando. O engajamento das filmagens foi adiado devido à Covid, mas ainda estamos trabalhando na produção. Então está tudo bem. 

Fonte: Money Today

Nesta sexta-feira (18), Shania Twain enviou uma nova carta aos fãs através do “Just BeTwain Friends“. Dessa vez, a cantora falou sobre o relançamento do álbum “The Woman In Me” e respondeu algumas perguntas dos fãs, enviadas via Twitter.

Confira a tradução na íntegra:

Querido amigo, 

Enquanto escrevo esta carta para você, estou em meu lugar feliz – no Lago de Genebra, com meu violão e Melo ao meu lado (e, claro, meu marido maravilhoso que tirou esta foto para você) 😌 

Eu amo estar perto da água, acho isso tão calmante e realmente me inspira criativamente. Tenho certeza que todos vocês já sabem que muitas vezes gosto de me afastar na natureza quando escrevo novas músicas, para o lançamento original de “The Woman In Me“, eu fugi para uma pequena cabana no mato e estava totalmente incomunicável (para o horror da minha gravadora!) 

Revisitar este álbum como parte do lançamento da Diamond Edition é muito divertido, sou capaz de olhar para trás e refletir sobre essas músicas e me sentir bem. A melhor parte de tudo isso é poder compartilhar o momento com vocês. Eu realmente acredito que uma vez que você lança uma música, ela pertence a todos. Elas são suas músicas. É tão gratificante ouvir suas histórias sobre as músicas da sua vida, das suas memórias. É tão legal ver todos vocês possuindo a música como sua. Devo dizer que adoro ver o que vocês tem a dizer quando compartilho fotos e vídeos daquela época e poder compartilhar novas versões das músicas é o queijo com molho nas batatas fritas 😂 (agora eu quero poutine!) 

Depois de enviar a primeira carta do Just BeTwain Friends, pedi a vocês que me enviassem mais perguntas no Twitter e na Comunidade para o segmento de perguntas e respostas, aqui estão algumas das minhas favoritas que recebi …

“Qual é a sua sopa favorita para fazer?” – Patricia Styles

Qualquer vegetal, claro, porque sou vegetariana. Toda a família é vegetariana. Adoro fazer sopa no inverno. É o prato perfeito, adoro o contraste do frio exterior com o calor interior. 

“Como foi crescer no norte de Ontário?” – Ryan Bijons 

Todo mundo sabe que vivi o início da minha vida com muito sacrifício, com muitas adversidades. Mas crescer em Timmins, Ontário, foi mágico para mim. Passei muito tempo fora, na bela natureza. Só eu e meu violão. Sim, foi muito bom. 

“O que você diria à jovem Shania que estava escrevendo The Woman In Me anos atrás? – Alison Marie 

Bem, primeiro eu diria – reconsidere o que você define como “sucesso” para esse álbum, porque você ficará chocada! 😂 Sabe, eu olho para aquela pessoa, naquela idade, e não preciso dar muitos conselhos a ela, eu já tinha 30 anos quando esse álbum foi lançado. Portanto, embora eu estivesse realmente começando minha carreira, tinha vivido muito da minha vida. Eu era uma mulher. Eu estava muito pronta. 

Eu imagino que quando eu escrever minha próxima carta para vocês, The Woman In Me: Diamond Edition já vai ter sido lançado, estou tão animada! Fique de olho nas minhas redes sociais mais perto da data de lançamento, tenho muitas coisas divertidas reservadas para nós 😘💎 

Como parte das comemorações dos 25 anos do lançamento do álbum “The Woman In Me”, Shania Twain está relançando, conforme já noticiamos, uma edição diamante do álbum com faixas bônus. Entre elas, estão versões demo de diversas sessões de estúdio, gravadas no mesmo período em que o álbum foi produzido, além de versões ao vivo, gravadas no Zappos Theater, durante as primeiras noites da residência “Let’s Go!” no final do ano de 2019.

Apesar do lançamento da versão diamante estar marcado para 02 de Outubro, algumas faixas mais amadas pelos fãs já estão sendo divulgadas nas plataformas digitais. Entre elas “Any Man Of Mine”, que teve as versões ao vivo e “Vocal Mix” liberadas no dia 14 de agosto.

Nesta sexta-feira (04) foram liberadas as versões ao vivo e Vocal Mix de “Whose Bed Have Your Boots Been Under?”, primeiro single do álbum a ser lançado (em janeiro de 1995) e primeiro single da carreira de Shania a se tornar hit, mesmo não atingindo o topo das paradas. Além disso, o single, assim como já tinha acontecido com “Any Man Of Mine”, ganhou uma nova capa, conforme a comparação abaixo:

Ainda não sabemos se algum outro single será liberado antes do lançamento oficial em outubro. Até o momento, todas as versões especiais de “Whose Bed Have Your Boots Been Under?” e de “Any Man Of Mine” já estão disponíveis no canal oficial da Shania no YouTube e nas plataformas de música. Além das novas versões, as versões originais do álbum também foram remasterizadas para garantir uma melhor qualidade de som e os videoclipes já foram convertidos para versões HD.

Em comemoração aos 25 anos do lançamento do “The Woman In Me”, Shania Twain anunciou no último dia 14 de agosto, o relançamento do álbum em uma edição especial. Com isso, fotos comemorativas das gravações dos clipes e versões exclusivas das sessões de estúdio da época serão disponibilizadas nas plataformas digitais e na própria versão diamante, que tem lançamento marcada para dia 02 de Outubro.

Além disso, Shania também resolveu reativar uma espécie de “revista” que existia em 1995, onde os fãs recebiam, periodicamente, cartas da própria Shania, fotos exclusivas, e materiais sobre o que estava acontecendo na vida da cantora. Em 2020, toda essa “newsletter” foi reativada em formato digital. E hoje, foi enviado o primeiro e-mail aos fãs com uma breve carta da cantora.

Confira a tradução completa abaixo:

“Querido amigo,

Bem-vindo à primeira newsletter do fã clube “Just BeTwain Friends”. É muito legal tirar um tempo nos meus dias ocupados para escrever isso de novo! Estou escrevendo esse e-mail para você direto de casa na Suíça, olhando a vista do bonito Lago Geneva, com Melo do meu lado. Eu vou tentar escrever todos os meus e-mails de casa, pois parece mais pessoal.

Eu estou feliz de ter o anúncio do “The Woman In Me: Diamond Edition” no mundo e de comemorar os 25 anos com todos vocês! Quando eu lancei o álbum da primeira vez, tudo aconteceu tão rápido e eu estava tão focada em trabalhar duro que definitivamente, negligenciei encontrar momentos para aproveitar isso. Com a edição diamante, eu consegui refletir sobre aquela época da minha vida e finalmente comemorar isso! Vendo pelas respostas que eu tive de vocês nas redes sociais e nas mensagens, vocês também estão animados para celebrar o álbum.

No fã clube original, eu tomava um tempo para responder algumas das suas perguntas e nesse não será diferente! Então, aqui vai algumas que eu vi no Twitter…

Onde os vídeos do “The Woman In Me” foram gravados?
“Any Man Of Mine” e “Boots” foram filmados em Santa Ynes, na Califórnia.
“The Woman In Me” foi em Cairo, no Egito (que experiência!”
“No One Needs To Know” e “God Bless The Child” foram filmados em Nashville
“You Win My Love” – Orlando, Florida
“I’m Outta Here” foi uma filmagem muito divertida em Nova York!
“Home Ain’t Where His Heart Is Anymore” foi filmado em Montreal.

O cavalo de “Any Man Of Mine” era seu?
Aquele lindo cavalo pertencia à Bo & John Derek. O nome dele era Slick se eu lembro certo!

Quando você aprendeu a tocar violão?
Eu era super nova. Perto dos 8 anos de idade. Meu primo me ensinou como tocar, e quando peguei o básico e só comecei a experimentar.

E finalmente, se você está lendo esse e-mail no dia que chegou na sua caixa de entrada, você já sabe que hoje é meu aniversário! E é o primeiro em um tempo … (talvez da vida?!) em que não estou trabalhando. Apesar de que eu deveria estar comemorando em Vegas com todos vocês. Quando for seguro me apresentar de novo nós temos que fazer uma comemoração! Estilo Vegas!

Até breve,

A rainha da música country Shania Twain tem sido uma defensora da igualdade das mulheres há muito tempo, é um pouco mais raro ouvir ela falar sobre o assunto fora de suas letras de músicas. Porém em entrevista ao Good Morning America, Shania falou mais abertamente sobre a igualdade de gênero na indústria da música, especialmente, na música country.

Eu acho que as mulheres em todas as plataformas na vida precisam se manifestar mais, não necessariamente falar mais alto, apenas precisam se conhecer melhor”, disse ela. “Elas precisam quase se sobressair além da média masculina para serem ouvidas, se destacar o suficiente…e serem reconhecidas. Muito disso é apenas falta de oportunidade, então temos que lutar mais para ter nossa oportunidade”.

Além de discutir sobre a igualdade na indústria, Shania também comentou que sempre se sentiu “em guarda” com o resultado das desvantagens que a vida lhe oferecia. “E estar na indústria da música country sendo mulher pode ser uma desvantagem. É apenas um fato”, disse ela.

Reconhecendo que ela sempre teve que lutar mais pelo que queria – devido às barreiras financeiras e de gênero – Shania disse ao canal que a autoexpressão se tornou incrivelmente importante para ela, tanto que é simplesmente parte de sua personalidade neste momento.

Parte do controle de sua autoexpressão incluiu superar seus medos de palco para conseguir um papel-chave na indústria da música country – algo que sua mãe disse que seria necessário para se tornar grande na música.

Colocando a sobrevivência em primeiro lugar, entendendo – e com mais e mais maturidade conforme eu avançava – que a única maneira de ter sucesso, e por sucesso quero dizer apenas existir, ser visto, ser reconhecida, ser respeitada, você tem que mergulhar e colocar seus medos de lado e você não poderá permitir que eles atrapalhem seu caminho”, disse ela. “Isso criou um lado muito, muito dinâmico em mim que, de outra forma, não teria crescido se não tivesse a desvantagem de ser mulher nesta indústria.

Assim que ela começou a colocar seus medos de lado, Shania lançou seu hit, “Man! I Feel Like A Woman!”- que tem sido uma fonte de empoderamento feminino desde então. Como se a letra por si só não encorajasse as mulheres em todo o mundo a abraçar sua feminilidade em qualquer campo em que estejam, Shania tomou a decisão de deixar seu primeiro videoclipe falar sobre a mesma ideia.

Nunca achei certo me pedirem para minimizar minha feminilidade apenas para ser respeitada por minha arte”, disse ela na entrevista ao GMA. “Fiquei ressentida com isso e pensei: Não, na verdade, vou fazer meu primeiro vídeo sem sutiã – porque sou uma mulher e não sinto que preciso me amarrar mais, o que é o que eu sempre fazia quando estava no colégio.

Fonte: Country Living

Em comemoração aos 25 anos do lançamento do álbum “The Woman In Me”, a cantora Shania Twain anunciou nesta sexta-feira(14), que o álbum, responsável pelos primeiros hits de sua carreira, será relançado em uma edição especial.

Ao longo da semana, a cantora foi dando pistas do relançamento em suas redes sociais e todas elas, foram sendo atualizadas e comentadas em nosso perfil do Twitter.

Originalmente, a rainha do country pop lançou o álbum em 1995, seguindo os passos de seu álbum de estreia, lançado dois anos antes. “The Woman in Me” foi o primeiro lançamento a mostrar suas colaborações com o ex-marido Robert ‘Mutt’ Lange e até hoje, já vendeu cerca de 20 milhões de cópias no mundo todo, rendendo o certificado de 12x Platina e o primeiro Grammy da cantora. Além disso, foi o primeiro álbum de Shania (de três) a receber Disco de Diamante.

O relançamento, foi anunciado oficialmente na sexta-feira (14) durante uma apresentação na série de concertos de verão do “Good Morning America”. Entre os maiores hits do álbum estão “Any Man of Mine”, “Whose Bed Have Your Boots Been Under”, “(If You’re Not In It For Love) I’m Outta Here!” e “You Win My Love”.

Conforme fomos noticiando ao longo da semana por meio das nossas redes sociais, fotos e preços do produto foram incluídos na loja online Amazon essa semana e hoje, na loja oficial. Os pacotes de relançamento devem ser lançados em 02 de Outubro deste ano e já estão disponíveis em pré-venda pelo site oficial. Os valores variam de cerca de R$ 107,52* reais (o pacote com 2 CDs) até R$ 161,34* reais no o pacote completo. Para a versão vinil, o valor fica próximo de R$ 134,43 reais.

Ainda durante o programa, Shania comentou que o pacote terá versões de estúdio nunca ouvidas, versões das primeiras sessões de estúdio, e versões ao vivo, gravadas no Zappos Theater, durante os shows da residência “Let’s Go!”, no ano passado. Além disso, também já foram divulgados camisetas e produtos novos com fotos feitas na época. Os CDs também estão sendo lançados em versões vinil.

As versões ao vivo e “Vocal Mix” do single “Any Man Of Mine” já estão disponíveis nas plataformas digitais.

Segue abaixo a setlist dos 3 CDs:

CD 1: The Woman In Me – Versão Remasterizada

  1. Home Ain’t Where His Heart Is (Anymore)
  2. Any Man of Mine
  3. Whose Bed Have Your Boots Been Under?
  4. (If You’re Not in It for Love) I’m Outta Here!
  5. The Woman in Me (Needs the Man in You)
  6. Is There Life After Love?
  7. If It Don’t Take Two
  8. You Win My Love
  9. Raining on Our Love
  10. Leaving Is the Only Way Out
  11. No One Needs to Know
  12. God Bless the Child

CD2: Versões ao vivo e Remixadas

  1. You Win My Love (Live From Vegas)
  2. No One Needs To Know (Live From Vegas)
  3. Any Man Of Mine (Live From Vegas)
  4. Whose Bed Have Your Boots Been Under? (Live From Vegas)
  5. (If You’re Not In It For Love) I’m Outta Here! (Live From Vegas)
  6. Whose Bed Have Your Boots Been Under? (Dance Mix)
  7. Any Man Of Mine (Alternate Mix – Without Steel Guitar)
  8. The Woman In Me (Needs The Man In You) [International Acoustic Version – Without Steel Guitar]
  9. (If You’re Not In It For Love) I’m Outta Here! (Dance Mix)
  10. (If You’re Not In It For Love) I’m Outta Here! (Mutt Lange Mix)
  11. You Win My Love (Mutt Lange Mix)
  12. God Bless The Child (Single Mix – Country Version)
  13. God Bless The Child (Single Mix – Without Banjo)
  14. (If You’re Not In It For Love) I’m Outta Here! (Live/DirecTV Mix)
  15. Home Ain’t Where His Heart Is/The Woman In Me/You’ve Got A Way [Medley – Live/DirecTVMix]

CD 3: Shania Vocal Mix Track List:

  1. Home Ain’t Where His Heart Is (Anymore)
  2. The Woman In Me (Needs The Man In You)
  3. No One Needs To Know
  4. Whose Bed Have Your Boots Been Under?
  5. Is There Life After Love?
  6. If It Don’t Take Two
  7. You Win My Love
  8. Any Man Of Mine
  9. Raining On Our Love
  10. (If You’re Not In It For Love) I’m Outta Here!
  11. Leaving Is The Only Way Out

Além do anúncio do relançamento, Shania também performou dois de seus maiores hits em uma versão acústica: “Any Man Of Mine“, “Life’s About To Get Good” e “That Don’t Impress Me Much”.

*OBS: Para o cálculo dos valores em reais, foi utilizado a cotação do dólar em 14/08.



Webstatus

Nome: Portal Shania Twain
URL: portalshaniatwain.com
Desde: 21 de fevereiro de 2009
Admin: Diego Brambilla
Contato: portalshaniatwain@gmail.com
Host: Flaunt
Design: Uni Design

Siga-nos no twitter
Acesse Nosso Instagram
Parceiros
Portal Shania Twain Todos os direitos reservados